Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Ivo Vieira: "No futebol, as pessoas apenas ouvem aquilo que querem ouvir. Mas eu sou frontal, sempre, e os jogadores percebem isso"

O treinador do Famalicão, na flash interview à Sport TV, falou de honestidade, frontalidade e de trabalho

tribuna expresso

NurPhoto

Partilhar

O resultado
"Mais um ponto a somar, naquilo que é a nossa caminhada. O Sporting, como tinha dito, é uma equipa difícil e sabíamos disso, tínhamos de lutar pelo resultado. Conseguimos o empate e continuámos na luta para garantir os nossos objetivos".

Duas partes
"Na primeira-parte, sofremos o golo num erro nosso e conseguimos ir atrás e empatar logo de seguida. Na segunda-parte, o Sporting esteve melhor e impediu que saíssemos para o ataque. Há que analisar a partida como aconteceu e o mais importante foi o ponto que conquistámos."

O trabalho
"Cheguei e estávamos na última posição, por isso o principal objetivo é a permanência. Até não conseguirmos isso, não há mais nada em mente. Sei que os adeptos são exigentes e querem mais. Mas, há que construir primeiro o nosso objetivo".

A frontalidade
"Sou verdadeiro e frontal, sempre. No futebol, muitas vezes, as pessoas apenas ouvem aquilo que querem ouvir, mas eu não sou assim. Os jogadores quando ouvem a verdade, sentem que acreditamos neles. Há pouco espaço na nossa sociedade para pessoas verdadeiras, mas não abdico da minha personalidade e daquilo em que acredito."