Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Ministério Público vai abrir um inquérito ao caso de agressão a repórter de imagem da TVI após o Moreirense-FC Porto

Fonte oficial da Procuradoria-Geral da República confirmou à "Lusa" que o Ministério Público vai investigar o caso de agressão de Pedro Pinho, empresário de futebol, a um repórter de imagem da TVI, ocorrida nas imediações do estádio do Moreirense, na segunda-feira, após o jogo com o FC Porto

Lusa

MIGUEL RIOPA/Getty

Partilhar

O Ministério Público vai abrir um inquérito à agressão a um repórter de imagem da estação televisiva TVI, ocorrida após o Moreirense-FC Porto, para a I Liga de futebol, confirmou na terça-feira, à Lusa, fonte oficial da PGR.

Na segunda-feira, após o encontro da 29.ª jornada do campeonato, que terminou empatado 1-1, um jornalista foi agredido nas imediações do estádio do Moreirense, em Moreira de Cónegos, de acordo com imagens transmitidas pelo próprio canal de televisão.

No dia de hoje, além da TVI, várias entidades, como a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), o Sindicato dos Jornalistas (SJ), a Associação dos Jornalistas de Desporto (CNID), a Associação Nacional de Agentes de Futebol (ANAF) e a Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), juntamente com os clubes Sporting e Benfica, repudiaram a agressão.