Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

João Henriques substitui Vasco Seabra no Moreirense

O treinador comandou o Vitória de Guimarães até abril, tendo rescindido contrato depois disso

Lusa

Partilhar

O treinador João Henriques, que comandou o Vitória de Guimarães em 2020/21, vai render Vasco Seabra no comando do Moreirense em 2021/22, anunciou este sábado o oitavo colocado da última edição da I Liga de futebol.

"O Moreirense Futebol Clube - Futebol SAD informa que chegou a acordo com João Henriques para assumir o comando técnico, tendo este rubricado um contrato válido por uma época", lê-se em comunicado publicado no sítio oficial dos minhotos na Internet.

João Henriques, de 48 anos, prepara-se para encarar a quarta experiência na I Liga, quase dois meses depois de ter deixado o Vitória de Guimarães, à 25.ª jornada, na sexta posição, com 35 pontos, resultantes de nove vitórias, quatro empates e nove derrotas.

"Com o novo treinador chegam os adjuntos Luís Morgado, Alberto Carvalho e Mauro Moderno e o treinador de guarda-redes Hélder Narciso", termina a nota, aludindo à nova equipa técnica, na qual resta apenas o adjunto Leandro Mendes face à passagem de Vasco Seabra, que acertou a rescisão de contrato, tal como anunciou hoje o Moreirense.

Os minhotos terminaram a edição 2020/21 do campeonato no oitavo posto, com os mesmos 43 pontos do rival concelhio Vitória de Guimarães, sétimo, e a três do Santa Clara, sexto, que ocupou a última vaga de acesso às provas europeias de 2021/22.

Antes de suceder Tiago Mendes e ser rendido por Bino Maçães em Guimarães, João Henriques assinou dois dos três melhores desempenhos do Santa Clara na I Liga, em 2018/19 e 2019/20, e assistiu à descida do Paços de Ferreira à II Liga, em 2017/18.

Natural de Tomar, tornou-se treinador principal em 2004/05 pelo Atlético Riachense, da então III Divisão, e acumulou passagens por Torres Novas, União de Almeirim e nas camadas jovens dos sauditas do Al-Ahli e do Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos.

O regresso ao futebol português deu-se ao comando do Fátima entre 2015 e 2017, vencendo a I Divisão distrital de Santarém e assegurando a consequente subida ao Campeonato de Portugal, antes de uma breve passagem pelo Leixões, da II Liga.