Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Haverá público nos jogos da I e II Ligas esta época. Estádios poderão preencher até 33% da capacidade

A Liga de Clubes anunciou, esta sexta-feira, que chegou a acordo com a Direção-Geral de Saúde para que, na época que arrancará em agosto, os estádios que acolhem jogos de futebol profissional em Portugal possam contar com a presença de adeptos nas bancadas. Cada recinto poderá preencher até 33% da sua capacidade e "todas as regras e condições de acesso" serão reveladas "brevemente"

Tribuna Expresso

No final de maio, o Estádio do Dragão foi autorizado a ter adeptos nas bancadas para a final da Liga dos Campeões da UEFA

Chris Lee - Chelsea FC

Partilhar

Ao fim de cerca de ano e meio, o futebol profissional em Portugal voltará poder ter adeptos a assistir, ao vivo. A Liga Portuguesa de Futebol Profissional revelou, esta sexta-feira, que os estádios poderão acolher adeptos até 33% da sua capacidade e, ao longo da época, as "condições de acesso serão reavaliadas".

O anúncio ocorreu após "reuniões levadas a cabo nas últimas semanas" e a anuência da Direção-Geral de Saúde, que irá "brevemente publicar todas as regras e condições" para o público poder estar presente nos jogos da I e II Ligas, além da Taça da Liga, Taça de Portugal e Super Taça - que se realiza a 31 de julho e dará início à nova época.

A Liga adiantou que qualquer adepto titular de um bilhete terá de"apresentar um Certificado Digital Covid-19 que "comprove vacinação completa", a par de um teste negativo feito nas 48 horas anteriores ou "verificação de cura até 180 horas".

A entidade informou que os limites de lotação e as condições de acesso aos estádios "serão reavaliados ao longo da época", consoante a evolução da situação epidemiológica do país, "a progressão do processo de vacinação e consequente alcance da imunidade de grupo".