Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

O número 1 do Vitória este ano é para Neno: “Tenho a certeza de que a força da sua memória nos vai acompanhar”

“Tinha em mente prestar homenagem ao Neno e esta é uma excelente forma de o fazer, portanto associei-me de imediato ao clube e obviamente cedi o número que usei na época passada”, explica Bruno Varela, antigo dono da camisola 1

Tribuna Expresso

Vitória Sport Clube

Partilhar

Era felino debaixo dos postes e o sorriso funcionava como um convite para a amizade. A cantoria era charme. Neno partiu cedo demais, no último 10 de junho. Mas ninguém o esquece, quem o viu, quem o lembra, quem ouviu falar nele.

Mesmo assim, o Vitória de Guimarães, o clube onde passou tantos anos da sua vida, decidiu homenageá-lo com um gesto inaudito: dando-lhe o número 1 para a temporada 2021/22.

Bruno Varela era o dono da camisola 1 e diz-se agora orgulhoso por estar envolvido nesta ação que engrandece a lenda de Neno, um importante guarda-redes do futebol português.

“Tinha em mente prestar homenagem ao Neno e esta é uma excelente forma de o fazer, portanto associei-me de imediato ao clube e obviamente cedi o número que usei na época passada”, disse Varela em declarações ao site oficial do Vitória Sport Clube. “É com muito orgulho que ajudo a que se eternize, de mais esta forma, o nome do nosso Neno.”

Miguel Pinto Lisboa, presidente do clube vimaranense, também explicou o gesto na mesma plataforma: “Quando elegemos o #TodosPor1 como mote para esta época, quisemos associar essa memória do Neno à união coletiva que certamente nos fará mais fortes, num ano que marcará o regresso do público aos estádios. Esta temporada o Neno será o nosso número 1, continuará connosco, e o que posso acrescentar é que este gesto não se ficará pela vertente simbólica. O Neno era um homem de causas e essa dimensão tem de estar presente nesta iniciativa, pelo que iremos em breve anunciar em que moldes ela será aprofundada, envolvendo também os nossos sócios e adeptos, assim como a cidade”.

Bruno Varela vai vestir a camisola 14 esta época e espera uma ajuda divina de Neno. “Tenho a certeza de que a força da sua memória nos vai acompanhar durante toda a temporada rumo aos objetivos que traçámos.”