Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol nacional

Arouca

O perfil do Arouca para a época 2021/22: como evoluiu, como joga e quem são os jogadores mais importantes

Tiago Teixeira

Futebol Clube de Arouca

Partilhar

Treinador: Armando Evangelista

Época 20/21: 3.º lugar na segunda liga – venceu o Rio Ave no play-off.

Assim como o Vizela, o Arouca tinha acabado de chegar à segunda divisão, mas isso não os impediu de surpreender toda a gente. Depois de um final de época verdadeiramente espetacular – ganharam as últimas 9 jornadas, o Arouca de Evangelista garantiu o lugar de acesso ao play-off, onde passou por cima do Rio Ave (5-0 no total das duas mãos), confirmando assim a subida à primeira divisão, onde estiveram pela última vez na temporada 16/17.

Organizados em 4-4-2 no momento defensivo, o Arouca de Evangelista tem na sua organização defensiva a sua principal virtude – foram a defesa menos batida da época passada, com apenas 25 golos consentidos, através de um bloco defensivo compacto e de uma boa definição dos momentos de pressão. No setor defensivo, o central João Basso continua a ser a principal figura, quer pelo que oferece defensivamente, quer pelo que oferece na construção (qualidade em condução e no passe) e nas bolas paradas (faz muitos golos de cabeça).

Com bola, o Arouca organiza-se em 4-2-3-1, procurando povoar o espaço entre linhas com o médio-ofensivo (Pité é o principal nome) e os dois extremos (Arsénio é o que mais desequilibra ofensivamente). As combinações pelos corredores laterais – importante o apoio ofensivo que Joãozinho (lateral esquerdo) e Thales (lateral direito) oferecem – são fundamentais na dinâmica ofensiva, que privilegia muito os cruzamentos para chegar as zonas de finalização.

Na frente, André Silva deverá continuar a ser a principal referência – é forte na movimentação dentro da área e tem muita qualidade no remate. Além disso, é também forte a explorar a profundidade.

JOGADOR CHAVE

Arsénio, 31 anos. O extremo foi um dos principais destaques da época passada – participação direta em 10 golos – e continuará a ser uma peça muito importante na manobra ofensiva do Arouca. A partir do corredor lateral esquerdo, Arsénio acrescenta desequilíbrio individual – diagonais de fora para dentro, qualidade de passe e capacidade no momento da finalização.

JOGADOR A SEGUIR

Antony, 19 anos. O médio-ofensivo/segundo-avançado ex-Corinthians (também pode atuar a partir dos corredores laterais), vem acrescentar velocidade e explosão à frente de ataque do Arouca. É forte fisicamente, muito capaz de explorar a profundidade através de movimentos de rutura e tem um bom remate.

11 Provável