Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol nacional

Boavista SAD. Coimas da CMVM devido a novo dono chegam aos €5 milhões

Investidor espanhol obrigado a lançar OPA sobre minoritários da Boavista SAD, entre os quais o BPI

Diogo Cavaleiro e Isabel Paulo

Rui Duarte Silva

Partilhar

A Boavista SAD foi alvo de um negócio que, para a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), parece não respeitar as regras de mercado, e as contraordenações em cima da mesa para os envolvidos apontam, cada uma, para coimas de até €5 milhões. O clube agora na sexta posição da Primeira Liga é um dos visados.

Foi no início da semana que a autoridade do mercado de capitais assumiu que está a investigar as mudanças de poder na Boavista SAD, em que o investidor espanhol Gérard Lopez, através da sua empresa Jogo Bonito, ganhou peso acionista sem comunicar ao mercado. Foi nessa investigação que teve acesso ao contrato que mostra que Lopez, visto como uma salvação na presidência de Vítor Murta, é mesmo maioritário.