Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol nacional

FIFA castigou Belenenses SAD com proibição de inscrever jogadores, mas clube vai resolver o problema “muito antes de janeiro”

A entidade que manda no futebol internacional bloqueou o Belenenses SAD de inscrever novos jogadores nas próximas três janelas de transferências, devido a uma dívida de 145 mil euros ao Liga Desportiva de Maputo, de Moçambique. Fonte oficial do clube esclareceu à Tribuna Expresso que o valor será pago em breve e que estava pendente de o Belenenses SAD receber o pagamento de outra dívida, da parte de um clube brasileiro

Diogo Pombo

NurPhoto

Partilhar

Jeremias Nhambirre é moçambicano, tem 21 anos e, em janeiro de 2020, o Belenenses SAD contratou-o à Liga Desportiva de Maputo para jogar na sua equipa de sub-23. Reinildo Mandava, outro jogador moçambicano, também foi contratado ao clube, mas, em janeiro de 2019, o Belenenses SAD vendeu-o ao Lille. Devido a estes futebolistas, o clube ficou proibido de inscrever quaisquer jogadores nas próximas três janelas de transferências, revelou uma notícia avançada pelo "Record".

Em causa está uma dívida a rondar os 145 mil euros que o Belenenses SAD tem com o clube de Moçambique, relativa à compra de Mandava e à percentagem dos direitos económicos de Nhambirre no negócio que o levou para França. O atual último classificado da I Liga, porém, está prestes a regularizar esses valores e não o fez em tempo útil devido a outra dívida.

Fonte oficial do Belenenses SAD não nega que o clube está em falta e confirmou à Tribuna Expresso que já tinha sido notificado "várias vezes" pela FIFA, antes de o castigo ser executado no Transfer Market System (TMS), plataforma na qual os clubes registam as inscrições e transferências de jogadores em todas as janelas de mercado, explicando que a dívida em causa será saldada "muito brevemente".

O Belenenses SAD, explica a mesma fonte, está à espera que o Internacional de Porto Alegre lhe pague os 400 mil euros a que estará obrigado, após ter submetido um processo em que também a FIFA deu razão ao clube português — em causa estava o pagamento de 15% da verba da transferência de Eduardo Henrique para o Sporting, em 2019. Na altura, o jogador estava emprestado pelo Internacional ao Belenenses SAD.

Assim que o clube receber esse dinheiro da parte do Internacional, irá "pagar imediatamente a dívida" ao Liga Desportiva de Maputo, garante a fonte oficial ouvida pela Tribuna Expresso. Assim que tal for regularizado, a FIFA levantará o impedimento na plataforma TMS.

O Belenenses SAD é o atual último classificado da I Liga, com apenas dois pontos conquistados em cinco jogos. No sábado, defronta o Gil Vicente (18h, Sport TV1) no Estádio Nacional do Jamor.