Tribuna Expresso

Perfil

Hóquei em Patins

FC Porto vence Benfica no clássico de hóquei em patins

Em casa, os portistas venceram os benfiquistas por 4-2

lusa

Partilhar

O FC Porto venceu hoje o Benfica por 4-2, numa partida da 14.ª jornada do Nacional de hóquei em patins em que os ‘dragões' dominaram sobretudo na segunda parte.

Os ‘azuis e brancos' seguraram a terceira posição na prova, com 29 pontos, e menos um jogo, enquanto o Benfica está em quinto, com 23 e menos dois jogos, que foram adiados devido casos positivos de covid-19 na equipa ‘encarnada'.

Numa primeira parte bastante equilibrada, o guarda-redes do Benfica Pedro Henriques esteve em grande destaque com várias defesas, evitando que a os ‘dragões’ chegassem ao intervalo a vencer.

O FC Porto, que entrou com um ligeiro ascendente, teve a primeira grande oportunidade aos cinco minutos, quando Reinaldo Garcia, num contra-ataque rápido, rematou forte à baliza do Benfica, mas Pedro Henriques negou o golo.

Os ‘dragões' inauguraram o marcador aos 18 minutos, com um remate colocado de Ezequiel Mena que não deu qualquer hipótese ao guarda-redes ‘encarnado’.

No minuto seguinte, Pedro Henriques voltou a destacar-se, ao defender um forte remate do italiano Giulio Cocco.

Nesta fase do encontro, o FC Porto intensificou a pressão, não permitindo ao Benfica subir no terreno. No entanto, nos últimos segundos, os ‘encarnados' chegaram à igualdade com um golo de Lucas Ordoñez.

Gonçalo Alves em destaque

No segundo tempo, a formação da casa entrou melhor e beneficiou da inspiração de Gonçalo Alves, que colocou novamente a equipa portista na frente aos 32 minutos após uma jogada individual.

O mesmo jogador, muito eficaz, aumentou a vantagem pouco tempo depois na concretização de um livre direto.

O FC Porto aproveitou o desacerto dos lisboetas e chegou ao quarto golo, por intermédio de Carlo Di Benedetto.

Alejandro Dominguez pediu um desconto de tempo para tentar organizar a equipa benfiquista e, nos últimos minutos, conseguiu que isso acontecesse.

O Benfica apresentou-se muito mais pressionante, concentrado e a tentar chegar, pelo menos, ao empate.

Nesse sentido, Diogo Rafael ainda conseguiu reduzir o resultado mas foi insuficiente para anular a vantagem dos portistas que conquistaram a nona vitória no campeonato.

Ficha de jogo

Jogo disputado no Dragão Arena, no Porto.

FC Porto - Benfica, 4-2.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Ezequiel Mena, 18 minutos.

1-1, Lucas Ordoñez, 24.

2-1, Gonçalo Alves, 32.

3-1, Gonçalo Alves, 35 (livre direto).

4-1, Carlos Di Benedetto, 36.

4-2, Diogo Rafael, 45.

Sob a arbitragem de José Pinto e Pedro Figueiredo, as equipas alinharam:

- FC Porto: Xavi Malián, Rafa, Xavi Barroso, Reinaldo Garcia e Gonçalo Alves. Jogaram ainda: Carlo di Benedetto, Ezequiel Mena, Giulio Cocco e Poka.

Treinador: Guillem Cabestany.

-Benfica: Pedro Henriques, Valter Neves, Diogo Rafael, Lucas Ordoñez e Vieirinha. Jogaram ainda: Carlos Nicolia, Edu Lamas e Gonçalo Pinto.

Treinador: Alejandro Dominguez.

Assistência: jogo realizado à porta fechada devido à pandemia da covid-19.