Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Tóquio 2020

Tóquio 2020

Jogos Olímpicos

Tóquio 2020. "As reuniões dos conselhos de administração com a presença de muitas mulheres demoram demasiado tempo. É irritante"

O presidente do comité organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio disse que as mulheres têm dificuldade em ser concisas

Lusa

TAKASHI AOYAMA

Partilhar

O presidente do comité organizador dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, Yoshiro Mori, defendeu que as mulheres têm dificuldade em ser concisas, observando que os membros femininos do órgão a que preside “sabem colocar-se no seu lugar”.

“As reuniões dos conselhos de administração com a presença de muitas mulheres demoram demasiado tempo. Se for aumentado o número de membros femininos e o tempo de intervenção não for limitado, será mais difícil concluí-las, o que é irritante”, sustentou Mori.

As declarações do responsável máximo do comité organizador da próxima edição dos Jogos Olímpicos, adiada para 2021 devido à pandemia de covid-19, foram feitas durante uma reunião com o Comité Olímpico do Japão, aberta à comunicação social e reproduzidas hoje pelo diário Asahi Shimbun.

“As mulheres têm espírito competitivo. Se uma levanta a mão [para poder intervir], as outras sentem-se na obrigação de se exprimirem também. É por isso que todos acabaram por falar”, sustentou Mori, de 83 anos.

O antigo primeiro-ministro japonês, entre 2000 e 2001, notou que “o comité organizador [dos Jogos Olímpicos Tóquio2020] tem sete mulheres, mas elas sabem colocar-se no seu lugar”, um comentário que motivou sorrisos entre vários responsáveis presentes na reunião, segundo o Asahi Shimbun.

A agência noticiosa francesa AFP tentou obter uma reação às declarações de Mori, mas o departamento de comunicação do comité organizador de Tóquio2020 não se mostrou disponível para comentar.

O Japão ocupa o 121.º lugar no mais recente relatório do Fórum Económico Mundial sobre a igualdade de género, entre 153 países, e o 131.º na proporção de mulheres em lugares de topo em empresas, política e administração pública.