Tribuna Expresso

Perfil

Jogos Olímpicos

Andebol. Portugal já conhece os adversários no torneio olímpico

Dinamarca, Suécia, Japão, Egito e Bahrain estão no grupo B em conjunto com Portugal. A primeira fase do torneio, com início em 24 de julho, será disputada por dois grupos de seis seleções, que jogarão entre si. As quatro melhor posicionadas de cada um dos grupos avançam para a fase a eliminar (quartos de final)

Lusa

SYLVAIN THOMAS

Partilhar

A seleção portuguesa de andebol vai ter como adversários na fase de grupos dos Jogos Olímpicos Tóquio2020 as congéneres da Dinamarca, Suécia, Japão, Egito e Bahrain, ditou o sorteio realizado hoje em Basileia, na Suíça.

No Japão, para além da seleção anfitriã, Portugal terá pela frente no grupo B as poderosas seleções da Dinamarca – bicampeã mundial e quatro vezes campeã olímpica – e a Suécia – quatro vezes campeã mundial e outras tantas vice-campeã olímpica.

A Dinamarca impôs-se à Suécia por 26-24 na final do Mundial2021, disputado no Egito, que será o primeiro adversário da seleção portuguesa, o que atesta bem da qualidade dos adversários lusos. O Bahrain é, à partida, o opositor mais acessível.

O grupo A integra as seleções da Noruega (duas vezes campeã olímpica e duas vezes vice-campeã mundial), França (duas vezes campeã olímpica e seis mundial), Alemanha (detentora de três títulos mundiais), Brasil, Espanha (bicampeã europeia e vencedora de dois títulos mundiais) e Argentina.

A primeira fase do torneio, com início em 24 de julho, será disputada por dois grupos de seis seleções, que jogarão entre si. As quatro melhor posicionadas de cada um dos grupos avançam para a fase a eliminar (quartos de final).

Os jogos das medalhas, entre os vencedores das meias-finais (ouro e prata) e os derrotados da mesma fase (bronze) serão disputados em 7 de agosto. Todos as partidas serão realizadas no pavilhão Yoyogi, em Tóquio.

Portugal alcançou o inédito apuramento para Tóquio2020 ao ganhar por 29-28 à vice-campeã olímpica França, na derradeira jornada do torneio de qualificação, em Montpellier, com um golo nos últimos segundos do jogo marcado pelo central Rui Silva.

Composição dos grupos do torneio olímpico de andebol:

- Grupo A: Noruega, França, Alemanha, Brasil, Espanha e Argentina.

- Grupo B: Dinamarca, Suécia, PORTUGAL, Japão, Egito e Bahrain.

“Foi uma fração, uma força guiada lá de cima por Quintana”: Rui Silva não consegue explicar o golo que pôs Portugal nos Jogos Olímpicos

O autor do remate que colocou o andebol português no palco olímpico abriu as portas da sua casa, em Guimarães. 48 horas depois do feito inédito, há momentos em que Rui Silva ainda sente que está a sonhar. Marcou o golo decisivo com a mão direita, braço onde tatuou o rosto de Quintana, colega de Seleção e do FC Porto que morreu há menos de um mês, após paragem cardiorrespiratória. Conta que a ausência do amigo cubano deixou uma dor difícil de superar