Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Tóquio 2020

Tóquio 2020

Jogos Olímpicos

Christian Taylor, bicampeão olímpico e adversário de Pichardo e Évora no triplo salto, está fora dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Atleta norte-americano, ouro em Londres 2012 e Rio 2016 e quatro vezes campeão mundial do triplo salto, rompeu o tendão de Aquiles numa prova em Ostrava, na República Checa, e confirmou que não estará em Tóquio, onde seria rival de Pedro Pablo Pichardo e Nelson Évora na luta pelas medalhas

Lídia Paralta Gomes

AFP Contributor/Getty

Partilhar

O azar bateu à porta de Christian Taylor a dois meses do início dos Jogos Olímpicos de Tóquio. O triplista, campeão olímpico em Londres 2012 e Rio 2016, rompeu o tendão de Aquiles no meeting Golden Spike, em Ostrava, na República Checa, que se realizou na quarta-feira.

A namorada do atleta norte-americano, que é também quatro vezes campeão mundial e não perde uma prova internacional desde 2013, já tinha revelado na quinta-feira que Taylor se havia lesionado, mas agora foi o próprio Taylor a confirmar na sua página de Twitter que não estará em Tóquio.

"Todos vocês me mostraram que a minha carreira tem sido mais do que meramente saltar para uma caixa de areia e por causa disso eu seco as minhas lágrimas e olho para a frente. O meu sonho olímpico perdeu-se, mas o meu propósito mantém-se", escreveu o atleta, que foi operado na Alemanha no dia seguinte à lesão.

Christian Taylor tem sido um dos grandes adversários dos portugueses Pedro Pablo Pichardo e Nelson Évora na última década. Nos Mundiais de Pequim, em 2015, os três partilharam o pódio, numa altura em que Pichardo ainda competia por Cuba. Dois anos mais tarde, em Londres, Taylor repetiu o título, com Nelson Évora a ser 3.º.