Tribuna Expresso

Perfil

Tóquio 2020

Tóquio 2020

Jogos Olímpicos

É oficial: os Jogos Olímpicos de 2032 vão ser em Brisbane

A cidade australiana, que era a única candidatura para receber o evento em 2032, sucederá a Paris, sede dos Jogos Olímpicos de 2024, e à cidade norte-americana de Los Angeles, em 2028, na lista de organizadores do maior evento desportivo mundial

Tribuna Expresso e Lusa

Toru Hanai

Partilhar

A cidade australiana de Brisbane foi escolhida como anfitriã dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2032.

A decisão foi votada esta quarta-feira pelos membros do Comité Olímpico Internacional, em Tóquio. O presidente do comité, Thomas Bach, anunciou o anfitrião da edição 138 dos JO no Hotel Okura, na cidade onde vão decorrer os JO 2020.

Brisbane, que era a única candidatura para receber o evento em 2032, sucederá a Paris, sede dos Jogos Olímpicos de 2024, e à cidade norte-americana de Los Angeles, em 2028, na lista de organizadores do maior evento desportivo mundial.

Único candidato e recomendado como a melhor opção pelo executivo do COI, o projeto de Brisbane convenceu quase todos os eleitores, tendo sido escolhido com 72 votos a favor, cinco contra e três abstenções, segundo uma nota divulgada após o anúncio.

O voto contrário teria forçado a reabertura do processo de diálogo com outras cidades interessadas, mas a assembleia confiou, uma vez mais, na recomendação do seu executivo e na proposta australiana de promover Jogos económicos, sustentáveis e seguros.

A escolha sem concorrência pode surpreender, já que a votação entre as cidades candidatas marcou décadas da vida olímpica, com as habituais manobras de bastidores e lóbis, antes da cerimonial abertura do envelope com a cidade escolhida.