Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Tóquio 2020

Tóquio 2020

Jogos Olímpicos

Tóquio 2020: tenista japonesa Naomi Osaka acendeu a chama olímpica

A chama entrou no Estádio Nacional, palco da Cerimónia de Abertura da XXXII Olimpíada, pelas mãos de Tadahiro Nomura, tricampeão olímpico de judo, em 1996, 2000 e 2004, e Saori Yoshida, tricampeã olímpica na luta livre, além de ter ainda uma medalha de prata, 'concedida' no Rio2016 em um de três combates que perdeu na carreira

Lusa

Maddie Meyer

Partilhar

A tenista japonesa Naomi Osaka acendeu a chama olímpica, que ficará acesa durante os Jogos Tóquio 2020, que decorrerão até 8 de agosto.

A chama entrou no Estádio Nacional, palco da Cerimónia de Abertura da XXXII Olimpíada, pelas mãos de Tadahiro Nomura, tricampeão olímpico de judo, em 1996, 2000 e 2004, e Saori Yoshida, tricampeã olímpica na luta livre, além de ter ainda uma medalha de prata, 'concedida' no Rio2016 em um de três combates que perdeu na carreira.

Depois, deu uma volta nas mãos de vários antigos atletas, jovens estudantes e profissionais de saúde, e foi levada por Osaka, vencedora de quatro torneios do 'Grand Slam' e favorita ao torneio, ao caldeirão, desenhado pelo canadiano educado em Tóquio Oki Sato.

Antes, já o imperador japonês, Naruhito, havia declarado abertos os Jogos, perante um estádio vazio, apenas com jornalistas e outros profissionais acreditados, dadas as condicionantes da pandemia de covid-19.

Os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 vão ser disputados entre esta sexta-feira e 8 de agosto, após o adiamento em um ano devido à situação sanitária global.