Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Tóquio 2020

Tóquio 2020

Jogos Olímpicos

Três recordes olímpicos em seis minutos nos 100 metros costas femininos: marca fica abaixo dos 58 segundos pela primeira vez

A atual recordista mundial, a australiana Kaylee McKeown, não quis ficar atrás das suas principais adversárias pelo ouro – que tinham superado o recorde olímpico pouco tempo antes - e fez a melhor marca das eliminatórias e novo máximo dos Jogos, com 57,88 segundos

Lusa

Tom Pennington

Partilhar

O recorde olímpico dos 100 metros costas femininos foi batido por três vezes num espaço de seis minutos, baixando pela primeira vez dos 58 segundos, durante as eliminatórias nos Jogos Tóquio 2020.

A atual recordista mundial, a australiana Kaylee McKeown, não quis ficar atrás das suas principais adversárias pelo ouro – que tinham superado o recorde olímpico pouco tempo antes - e fez a melhor marca das eliminatórias e novo máximo dos Jogos, com 57,88 segundos.

A canadiana Kylie Masse foi a primeira a bater a anterior marca, de 58,23 segundos, que pertencia à australiana Emily Seebohm desde Londres2012, ao vencer a quarta série das eliminatórias em 58,17.

O recorde da atual campeã do mundo durou apenas três minutos, já que na série seguinte, a norte-americana Regan Smith, antiga recordista mundial, tornou-se a primeira a baixar dos 58 segundos em Jogos Olímpicos, ao nadar a distância em 57,96.

O recorde do mundo, de 57,45 segundos, conseguido por McKeown em 13 de junho, poderá estar ameaçado nas meias-finais e nas finais.