Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Tóquio 2020

Tóquio 2020

Jogos Olímpicos

Um primeiro dia de Jogos Olímpicos sem medalhas para os Estados Unidos? Não acontecia desde 1972

No sábado, no arranque dos JO, não houve o sorriso do costume dos norte-americanos, principalmente porque desiludiram na esgrima, no halterofilismo feminino e no tiro

Tribuna Expresso

Elsa

Partilhar

É uma das imagens mais comuns nos Jogos Olímpicos: norte-americanos sorridentes, no lugar mais alto do pódio, a dizer adeus e a desfilar com uma medalha de ouro ao pescoço. Mas Tóquio 2020 trouxe-nos algo diferente, para além da pandemia, dos testes e inconvenientes de não ter adeptos e familiares junto dos atletas.

Desde os Jogos Olímpicos de 1972, em Munique, que os Estados Unidos não tinham um primeiro dia de prova sem qualquer medalha, conta o “Washington Post”. Em 1972, os Estados Unidos venceriam mais de 90 medalhas, 33 delas de ouro.

No sábado, no arranque dos JO, não houve o sorriso do costume dos norte-americanos, principalmente porque desiludiram na esgrima, no halterofilismo feminino e no tiro.

“Foi há tanto tempo que alguns dos pais dos atuais atletas olímpicos não tinham nascido ainda”, nota este artigo do “USA Today”.

Este domingo há, entre tantas, provas de halterofilismo, ciclismo, tiro com arco, ginástica, basquetebol, skate, hóquei de campo, futebol e natação, claro.