Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Tóquio 2020

Tóquio 2020

Jogos Olímpicos

Tamila Holub e Diana Durães falham final dos 1.500 metros livres em natação

As nadadoras portuguesas terminaram as eliminatórias em 22.º e 23.º lugar, respetivamente. A americana Katie Ledecky, rainha desta distância, foi a mais rápida das oito finalistas e estabeleceu um novo recorde olímpico

Lusa

Abbie Parr/Getty

Partilhar

As nadadoras portuguesas Tamila Holub e Diana Durães falharam, esta segunda-feira, a qualificação para a final da prova dos 1.500 metros livres dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, ao terminarem as eliminatórias em 22.º e 23.º lugar, respetivamente.

Tamila Holub, que tinha sido 24.º classificada nos 800 metros livres no Rio 2016, foi a melhor representante portuguesa, com o tempo de 16.25,16 minutos, concluindo a série no quinto lugar, seguida de Diana Durães, estreante em Jogos Olímpicos, que foi sexta classificada, com 16.29,15.

As nadadoras ficaram muito longe do recorde nacional, de 16.15,12 minutos, que foi estabelecido por Diana Durães a 9 de fevereiro de 2020, na estreia da distância mais longa da natação nos Jogos, com a norte-americana Katie Ledecky a ser a mais rápida das oito finalistas, com 15.35,35, primeiro recorde olímpico.