Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Tóquio 2020

Tóquio 2020

Jogos Olímpicos

Rodrigo Torres 16.º no Grand Prix Freestyle de ensino em equestre

O cavaleiro, de 44 anos, somou 78,943% pontos na final individual, vencida pela germânica Jessica von Bredow-Werndl, que montou TSF Dalera, com 91,732%

Lusa

Leon Neal

Partilhar

O cavaleiro português Rodrigo Torres, em Fogoso, terminou esta quarta-feira no 16.º lugar o Grand Prix Freestyle de ensino dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, com um novo recorde pessoal.

Rodrigo Torres, de 44 anos, somou 78,943% pontos na final individual, vencida pela germânica Jessica von Bredow-Werndl, que montou TSF Dalera, com 91,732%. A também alemã Isabell Werth e a britânica Charlotte Dujardin terminaram na segunda e terceira posições do pódio, com 89,657% e 88,543%, respetivamente.

Gonçalo Conchinhas Carvalho tinha sido o último português a disputar a prova olímpica de ensino em equestre, em Londres 2012, tendo chegado à final e terminado também no 16.º lugar.

A melhor classificação nacional nesta disciplina continua a ser o nono lugar alcançado por Fernando Paes, também na capital britânica, em 1948, quando conquistou a medalha de bronze por equipas, com Francisco Valadas Jr. e Luís Mena.