Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Tóquio 2020

Tóquio 2020

Jogos Olímpicos

Canadá vence EUA 20 anos depois e alcança final do torneio olímpico de futebol feminino

Único golo da partida foi marcado aos 74', de penálti, por Jessie Fleming. Canadianas esperam vencedor do jogo entre Suécia e Austrália

Tribuna Expresso

Brad Smith/ISI Photos

Partilhar

A seleção feminina de futebol bateu esta segunda-feira os Estados Unidos e qualificaram-se para a final do torneio olímpico.

O único golo da partida foi marcado por Jessie Fleming, futebolista do Chelsea, aos 74’, depois de uma decisão do VAR. As canadianas não venciam as vizinhas, atuais campeãs do mundo e ouro olímpico em 2012, desde março de 2001.

“É terrível”, admitiu no final Megan Rapinoe, a histórica futebolista norte-americana, aos microfones da NBC. “Obviamente não foi o nosso melhor jogo. Não foi o nosso melhor torneio. Não tivemos [o que era necessário] hoje. Demasiados erros da nossa parte. Eu sentia que o espaço estava lá para nós. Nós só não conseguíamos lá chegar.”

Francois Nel

Sobre a rivalidade com o Canadá, Rapinoe admitiu que não se lembra de ter perdido um jogo com aquela seleção. “Nunca queremos perder com o Canadá. (...) Há muito por competir ainda, foi o que disse às raparigas. Não é a cor que queremos, mas ainda há uma medalha no horizonte.”

O Canadá vai jogar com a Austrália ou Suécia, um jogo que está nesta altura a ser disputado em Yokohama. Quem perder, vai disputar o bronze contra as norte-americanas.