Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Tóquio 2020

Tóquio 2020

Jogos Olímpicos

Depois do ouro nos 100m, o triunfo nos 200m: Elaine Thompson-Herah é a rainha da velocidade

No segundo lugar terminou a jovem prodígio da Namíbia Christine Mboma, de 18 anos, que só corre a distância há dois meses, depois de ter sido impedida de alinhar nos 400 metros, devido às regras sobre a hiperandrogenia

Lusa

Ryan Pierse

Partilhar

A jamaicana Elaine Thompson-Herah triunfou esta terça-feira na final dos 200 metros dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, conseguindo a dobradinha das provas de velocidade, já que também chegara ao ouro nos 100 metros.

Três dias depois do hectómetro, Thompson voltou a ser a melhor e com excelente nota, já que os 21,53 segundos com que ganhou são o segundo registo mais rápido de sempre na especialidade, retirando também da lista de recordes da Jamaica a última marca da lendária Merlene Ottey.

Michael Steele

A jamaicana só não conseguiu fazer melhor do que os 21,34 segundos da norte-americana Florence Griffith-Joyner, de 29 de setembro de 1988, em Seul, que são recorde mundial e olímpico.

No segundo lugar terminou a jovem prodígio da Namíbia Christine Mboma, de 18 anos, que só corre a distância há dois meses, depois de ter sido impedida de alinhar nos 400 metros, devido às regras sobre a hiperandrogenia.

Mboma voltou a bater o recorde mundial sub-20, que faz descer para 21,81 segundos, enquanto a norte-americana Gabrielle Thomas foi terceira, com 21,87.