Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Tóquio 2020

Tóquio 2020

Jogos Olímpicos

Maria Martins termina omnium em 7.º e fecha participação portuguesa em Tóquio com mais um diploma

No velódromo de Izu, a ciclista portuguesa de 22 anos, a fazer a estreia da modalidade para o nosso país, fez uma prova de grande regularidade. Ouro foi para a norte-americana Jennifer Valente

Tim de Waele/Getty

Partilhar

A portuguesa Maria Martins fechou a participação portuguesa em Tóquio 2020 com um 7.º lugar no omnium, na estreia de Portugal no ciclismo de pista em Jogos Olímpicos.

No velódromo de Izu, a ciclista de 22 anos fez uma prova de grande regularidade, terminando com 95 pontos no final das quatro disciplinas que constituem o omnium. Começou com um 6.º lugar no scratch, somando assim 30 pontos. Na corrida de ritmo foi 8.ª juntando mais 26 pontos e na eliminação foi 5.ª, amealhando mais 32 pontos.

Maria Martins entrou para a última disciplina do omnium, a corrida por pontos, na 6.ª posição, com 88 pontos e apenas a seis da 3.ª classificada, ainda a sonhar com uma possível medalha. Aí a portuguesa ainda conseguiu fazer sete pontos, acabando por ser ultrapassada no último sprint pela bicampeã olímpica Laura Kenny, terminando assim a prova em 7.º lugar, o que garante mais um diploma para a comitiva nacional.

A campeã olímpica foi a norte-americana Jennifer Valente, com 124 pontos, a prata foi para a japonesa Yumi Kajihara, com 110, e o bronze para a neerlandesa Kirsten Wild, com 108.