Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Soares deve ser mesmo fixe, porque me parece bastante empenhado em abrir lugar para o regresso de Aboubakar (Lá Em Casa Mando Eu)

Pronto, aqui está a contracrónica de Catarina Pereira, de Lá Em Casa Mando Eu, em que a autora assume estar a pensar mais no Liverpool do que noutra coisa qualquer. “Felizmente, não sou eu que jogo”

Catarina Pereira, Lá Em Casa Mando Eu

FRANCISCO LEONG

Partilhar

Casillas
Teve muito trabalho na baliza do FCPorto, às vezes a ter de sair aos pés dos adversários, às vezes a ter de defender a bola, às vezes a ter de afastá-la brilhantemente com os olhos. Impecável.

Manafá
Esteve bem mais interventivo do que o meio Alex Telles que estava no corredor esquerdo, mas pareceu ir desaparecendo à medida que o jogo decorria. A minha aposta é que se apercebeu que até pode ter ido do Portimonense para um clube grande - que pode ser campeão e que está nos quartos de final da Champions -, mas que, para isso, teve de trocar aquele sol algarvio pelo tempo nortenho. Coitado, compreende-se.

Militão
A crítica internacional não foi unânime em relação à exibição de Militão em Anfield Road, pelo que o central brasileiro fez hoje questão de realizar uma exibição unânime em mandar essa crítica para o Barlavento.

Pepe
Foi o patrão da defesa e não deixou passar nada, nem ninguém. Esteve até empenhado, por vezes, em tentar controlar a bola e em levá-la para o ataque com alguma qualidade, tendo sido, numa dessas alturas, travado em falta dura por um tal de Jackson Martinez. O adversário, certamente conhecedor das consequências que tal ato podia ter para si e para a sua família, ainda tentou pedir desculpas e ajudar Pepe a levantar-se. Mas trata-se de Pepe, que decerto preferiu definhar sozinho no relvado, do que ceder emocionalmente a um ser humano que envergava uma camisola diferente. Exemplar.

Alex Telles
Sérgio Conceição avisou, antes da partida, que não ia gerir a equipa a pensar na segunda mão com o Liverpool. Que ninguém ousasse pensar que o treinador do FCPorto iria poupar algum jogador para um objetivo que é secundário. Alex Telles, geralmente não poupado na Taça de Portugal e na Taça da Liga, nem sequer percebeu o recado.

Danilo
Conseguiu superar com elevação todas as provocações de Lucas Fernandes, que parecia mais apostado em tentar enervar Danilo do que em ganhar o jogo, não percebendo que mais depressa o FCPorto dá a volta ao Liverpool do que o senhor comendador perde a cabeça.

Herrera
Regressou à equipa depois da falta que fez na terça-feira e acabou por fechar a contagem do marcador em 3-0, um resultado enganador tendo em conta a boa exibição do Portimonense e a minha carga de nervos.

Corona
Saiu de campo tocado, mas felizmente temos agora pela frente uma semana inteira sem preocupações e sobressaltos, até à próxima jornada do campeonato.

Brahimi
Fez a diferença ao deixar o FCPorto cedo em vantagem e talvez tenha justificado esta aposta no onze titular. Quarta-feira é que não sei se chega, a não ser que o Corona esteja mesmo lesionado.

Marega
O ataque do FCPorto está, neste momento, reduzido às arrancadas de Marega e ao que ele decide fazer naqueles momentos em que consegue dominar, passar e/ou rematar a bola. Felizmente, hoje a bola chegou bem a Brahimi no primeiro golo e entrou direitinha na baliza no segundo. Foi o regresso de Marega aos golos no campeonato, quatro meses depois do último, numa altura em que talvez tenha desistido daquela ideia de só aparecer na Liga dos Campeões. Uma pena, porque estou a sentir bastante Marega para quarta-feira.

Soares
Deve ser um excelente colega de equipa, porque me parece bastante empenhado em abrir lugar para o regresso de Aboubakar.

Otávio
Noto agora que passei esta crónica a falar, direta ou indiretamente, do Liverpool. Ainda bem que não sou eu que jogo e que esta gente se concentrou mesmo no Portimonense.

Fernando Andrade
Parece estar prontinho a entrar na quarta-feira e sofrer o penálti que nos vai dar o 3-0 e a merecida e esperada passagem às meias-finais da Champions.

Bruno Costa
Uma opção que terá, certamente, que ser explicada, uma vez que este jogo não foi em Anfield Road.