Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

O aquecimento de Adrián López, o MB Way do FC Porto e essa coisa de perder nos penáltis com o Sporting (por Lá em Casa Mando Eu)

Depois do FC Porto perder a Taça de Portugal para o Sporting (nos penáltis, claro), Catarina Pereira lamenta que lhe tenha sido pedido um texto em que lhe pedem a análise individual de cada jogador do FC Porto, em vez de ela só poder escrever uma só vez que não os pode ver à frente

Catarina Pereira, Lá em Casa Mando Eu

PATRICIA DE MELO MOREIRA/Getty

Partilhar

Vaná

Parece que nunca um clube de Iker Casillas que jogou uma final sem Iker Casillas ganhou essa final. Aconteceu três vezes ao Real Madrid e já nos aconteceu a nós outras tantas (fui ver coisas de estatísticas, isto é o fim do mundo, vamos fechar a Tribuna). Também me parece que Vaná levou esta maldição demasiado a sério e se desviou bem dos penáltis. Mas ainda vou ter de os ir ver, porque no Jamor não consegui. Isto é demais para mim, que já tenho 32 anos e levei uma camisola de Iker Casillas para lhe fazer a devida homenagem em termos de enfarte do miocárdio.

Militão

Demasiado nervoso para quem, em princípio, nunca mais vai perder uma coisa contra o Sporting nos penáltis. A vida é fácil para determinadas pessoas.

Felipe

Tudo lhe correu mal esta tarde, até àquele momento em que nos levantou das cadeiras do Jamor, para gritarmos em euforia aquele golo espetacular, que nos levou até àquela sensação incrível de perder mais uma coisa para o Sporting nos penáltis.

Pepe

Exibição muito boa, a lembrar-nos que talvez não seja muito justo andarmos meses a pedir Militão ao centro, quando até na lateral o conseguimos vender por 50 milhões. Infelizmente, acabou a tarde à imagem do FC Porto: a perder uma coisa contra o Sporting nos penáltis.

Alex Telles

Deu tudo o que tinha e o que não tinha, até sair a tempo de escapar perder uma coisa contra o Sporting nos penáltis. O que é curioso, porque acho que me lembro que até é um daqueles raros rapazes que joga no FC Porto e sabe bater penáltis.

Danilo

Conseguiu que Bruno Fernandes só aparecesse uma vez sozinho para rematar, tendo tido o azar de Bruno Fernandes ser daqueles rapazes que não precisa de aparecer 1500 vezes sozinho para rematar e marcar um golo. De resto, passou o jogo com a habitual calma e bom senso de quem tem de aturar Bruno Fernandes a atirar-se para o chão, a gritar com o árbitro, a revoltar-se contra o aquecimento global, enfim, não há 100 milhões de euros que paguem deixar de aturar isto. Pelo meio, o senhor comendador quase que dava a Taça ao FC Porto, mas os postes da baliza de Renan lembraram-nos que, afinal de contas, só estávamos ali para perder uma coisa contra o Sporting nos penáltis.

Otávio

Se Bruno Lage amanhã aparecer a elogiar Otávio, pelo menos ficamos com a certeza que estava a gozar.

Herrera

Preparados para este momento histórico em que a cronista, habitual aproveitadora da análise a Hector Herrera para uma brincadeira ou outra sobre Hector Herrera, tem, pela última vez, a oportunidade de fazer uma brincadeira ou outra com Hector Herrera? Pois, vou desiludir-vos. Hector Herrera sai com um grande jogo e eu estou aqui naquele dilema de quem tem receio de vir a ter saudades de aproveitar a análise a Hector Herrera para fazer uma brincadeira ou outra sobre Hector Herrera.

Brahimi

Eu sei que por vezes ele é demasiado individualista, eu sei que ele não devia falhar tantos golos, eu sei que ele não corre para defender como devia, mas deixemo-nos de brincadeiras e juntemos todos os tostões que tivermos à mão para renovar com este homem. FC Porto: têm MB Way?

Marega

O futebol tem coisas incríveis, como esta de colocar Moussa Marega frente a frente com um ex-central do Barcelona. De um lado, a experiência, a técnica, por vezes a justificação do preço do bilhete por si só. E, do outro, Moussa Marega.

Soares

Muito bonito aquele momento em que levou a camisola de Iker Casillas para o centro do relvado, lembrando que isto do futebol tem a sua relativa importância quando comparado com verdadeiros milagres, como foi o caso de um remate de um avançado do FC Porto ter acertado na baliza.

Manafá

Mexeu com o jogo, o que diz muito do jogo. Tenho ideia que já foram vários os jogos em que entrou para mexer com o jogo, o que diz muito desses jogos. Para a próxima época vai haver jogos em que vai ser preciso mexer com o jogo, o que diz muito dos jogos, e da próxima época, e do que custa viver nesta sociedade demasiado focada no indivíduo, como se pode ver por um texto em que me pedem a análise individual de cada jogador do FC Porto, em vez de eu poder escrever uma só vez que não os posso ver à frente.

Adrián López

Aproveito que estamos aqui para vos garantir que o Óliver aqueceu bastante bem durante quase toda a segunda parte e o prolongamento. É uma delícia ver aquele moço aquecer. Juro.

Hernâni

É rápido. E acabou o contrato.

Fernando Andrade

Excelente empréstimo que o Paços de Ferreira vai assegurar na próxima época.