Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Lá em Casa Mando Eu lamenta que a tecnologia de golo ainda não aceda aos seus gritos de "É golo! É golo €) #_'!"

Catarina Pereira está agastada com o seu FC Porto, mesmo que tenha caído frente ao gigante Rangers e acha uma vergonha não só que aquela bola de Pepe não tenha entrado mas também que Fábio Silva não tenha feito um milagre no dia em que o FC Porto precisava de um milagre de um puto de 17 anos

Catarina Pereira, Lá em Casa Mando Eu

Alan Harvey - SNS Group/Getty

Partilhar

Marchesín

Sofreu dois golos do gigante Rangers FC, ainda assim menos do que sofreram o guarda-redes do Hearts e o guarda-redes do Ross County, que sofreram 3 e 4 golos, respetivamente, nos últimos jogos do Rangers FC na Liga e na Taça da Liga escocesas. E ainda houve quem não quisesse ter precauções defensivas contra esta equipa!

Mbemba

Neste momento, é muito fácil criticar a estratégia da equipa para este jogo, mas eu não vou enveredar por aí. Prefiro antes destacar aspetos positivos destes 90 minutos, como o facto de Mbemba ter conseguido uma série de 4 jogos seguidos a titular. Positivo para ele, pelo menos.

Pepe

Esteve a centímetros de marcar, mas, infelizmente, a tecnologia da linha de golo ainda não acede aos meus gritos de "É golo! É golo €) #_'!" no meio da sala. Aspetos que terão de ser corrigidos, certamente. Acabou por sair lesionado e, sinceramente, se é para nos tirarem o Pepe, lamento, mas vou começar a ver as competições europeias como o Benfica: é para sair, o mais rapidamente possível.

Marcano

Foi entre ele e outros colegas que passaram as bolas dos golos do Rangers, provando que Sérgio Conceição estava certo em reforçar a defesa com mais homens, pecando apenas por defeito. Da próxima vez que jogarmos contra o poderoso Rangers é ir lá com 4 centrais e 4 laterais, a ver se eles continuam a rir-se. Ah pois é!

Manafá

Começou do lado direito, acabou do lado esquerdo, e pelo meio ainda teve de subir no terreno, mas o certo é que lá anda. Ao contrário do FC Porto nas competições europeias muito brevemente, lá anda.

Alex Telles

Regressou ao onze, mas nem por isso graças a mérito próprio. Foi mais porque eram tantos defesas que seria quase impossível não jogar algum. Fora o Saravia, claro, mas esse foi só conhecer a Escócia. Que é um belo país, já agora. Nem tudo foi mau.

Danilo

Ouvi-o no final do jogo a sublinhar que “dependemos só de nós”. Quero mesmo muito acreditar que vamos ganhar os dois jogos e passar em frente, mas, a esta hora, só me apetece dizer ao senhor comendador que é bom que tenha sido a última vez que ouço um “dependemos só de nós” já em novembro, como se isso não soasse a “socorro, está tudo %#&%#”.

Uribe

Foi um jogo com muita luta no meio-campo, ou então não, porque eu já nem consigo ver bem este FC Porto a jogar à bola. Bem, dizia eu, no eventual cenário de ter havido luta no meio-campo, o Uribe não esteve especialmente em destaque. A boa notícia é que terá outra oportunidade daqui a três dias, porque há jogo com o Boavista e julgo que a luta no meio-campo foi inventada num domingo à noite no Estádio do Bessa.

Otávio

Luta muito no meio-campo.

Corona

Segundo avançado, extremo ou lateral? Oh meus amigos, expandam os vossos horizontes e sigam em frente! Ou não, desculpem, seguir em frente parece-me neste momento bastante utópico. Esqueçam.

Soares

Quase que marcava hoje, mas não marcou. Até podia ter marcado, mas a bola não entrou. Os avançados vivem dos golos, mas ainda não foi hoje. Esta é para quem diz que eu escrevo como uma fanática do FC Porto. Era difícil ser mais factual do que isto.

Luis Diaz

Imagino-o a ouvir o empresário durante o verão:
- Não imaginas quem anda atrás de ti! O FC Porto! O FC Porto bicampeão europeu, vencedor de uma Taça UEFA, uma Liga Europa, uma Supertaça europeia e duas Taças Intercontinentais!
- Uau!
- O clube do calcanhar de Madjer, da cabeça de Falcao, do olhar de Pedro Emanuel, dos pés de Alenitchev, da magia de Deco!
- Vamos! Assino já!
...
Krasnodar.

...
Rangers.

Zé Luís

Por falar em Rangers, quero ver como é que eles vão agora jogar contra o Livingston já no domingo. Cansadíssimos, contra um adversário desta envergadura. Enfim, podem ter hipotecado hoje a luta pelo título escocês, contra o Celtic, com, normalmente, por esta altura, 200 pontos cada um.

Fábio Silva

Quando entrou estava 2-0 e ainda não foi desta que marcou um hat-trick e justificou todas as apostas nele nos dias em que não estamos a ganhar e precisamos que alguém de 17 anos faça um milagre. Que vergonha, Fábio.