Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Lá em Casa Mando Eu sobre Diogo Leite: "Erro infantil no golo. É normal nesta idade e é com estes erros que se cre... Ah, espera"

Afinal era Marcano, que aliviou uma bola para onde estava virado e permitiu ao Belenenses SAD marcar um golo. Catarina Pereira esteve no Jamor e quer perguntar a Marchesín como é que se faz para não se estar tão irritado com Manafá e Marega como ele parecia não estar

Catarina Pereira, Lá em Casa Mando Eu

Gualter Fatia/Getty

Partilhar

Marchesín

Sem hipótese no golo, fez uma mancha importante a Licá, a evitar o 2-0. No resto do jogo, da bancada pareceu-me que não estava tão irritado com Manafá e Marega como eu. Tenho que lhe perguntar como se faz.

Manafá

Surgiu esta semana um vídeo de Messi a treinar. É uma coisa fantástica, porque é um condensado da magia que vemos nos jogos: fintas, cuecas, golos incríveis. Suponho que Manafá o supere. Faça tudo o que Messi faz nos treinos, mas ao pé coxinho. Só assim se explica que, apesar da incapacidade de dominar uma bola (há um lance no início da segunda parte verdadeiramente desesperante), o treinador insista em colocá-lo a jogar. Peço aos gestores de conteúdos do FC Porto que lancem rápido essa compilação cá para fora, estou a precisar de ver isso.

Pepe

Teve ali um momento de hesitação, em que deixou Licá isolado e com um bom ângulo para rematar, porque, depois de hesitar, decidiu que podia deixar que isso acontecesse que ia correr tudo bem. Bom julgamento.

Diogo Leite

Erro infantil no golo, a aliviar para a zona proibida. É normal nesta idade e é com estes erros que se cre... Ah, espera.

Alex Telles

O habitual comboio de subidas e descidas só funcionou na primeira parte e no segundo tempo até bolas paradas passou a colegas e fez cruzamentos que não deram golo. E toda a gente sabe que o mundo está perdido quando Alex Telles não bate as bolas paradas e faz cruzamentos que não dão golo.

Loum

Os festejos do golo do empate foram espetaculares, de resto esteve medíocre. E o golo foi anulado, portanto é fazer as contas. (Ah, já agora, bem-vindo VAR, tivemos saudades tuas este fim de semana!)

Danilo

Espero que, no final do jogo, tenha feito o discurso de capitão que se exige nestas alturas, entrando no balneário, colocando os colegas todos a ouvi-lo e anunciando que é melhor irem todos rapidamente para casa ver o golo do Suárez.

Corona

Mesmo no topo, no Jamor, vi a lágrima que verteu quando Nakajima entrou. Foi como um náufrago numa ilha deserta (de futebol), farto de ver bolas pelo ar, sem poder comunicar com ninguém, conhecer outro ser humano. O Nakajima não fala, portanto suponho que ele fosse para Corona o mesmo que para Tom Hanks representava aquela bola em que ele espetou umas folhas de palmeira e depois desenhou um sorriso.

Otávio

Tentou algumas tabelas e combinações, mas sempre naquele seu estilo conflituoso, como se estivesse a vingar a morte de um familiar sempre que disputa uma jogada ou tenta isolar um companheiro. Este tipo de atitude permanente de Otávio - de viver todas as jogadas como se fosse um herói nos últimos minutos de um filme de ação - acaba por cansar. É como se estivesse sempre a ver o mesmo filme mau do Steven Seagal.

Zé Luís

Há artistas que passam por inúmeros testes até conseguirem executar na perfeição a obra final. O Zé Luís foi direto ao golaço de pontapé de bicicleta e agora vamos ter de levar com os testes.

Marega

A vida realmente dá muitas voltas e, num dia, estamos a achar que Marega é ligeiramente tosco e, no outro, continuamos convencidos do mesmo.

Nakajima

Parece-me que, quando entram em campo jogadores com as suas capacidades, o futebol praticado está sempre mais perto de melhorar e, consequentemente, a equipa está mais perto de ganhar. Ou então estou muito errada, e isto vai lá é com 11 Manafás.

Sérgio Oliveira

Esteve muito perto de marcar, mas a bola foi ao poste, permitindo que o treinador da SAD dissesse na flash-interview que devia ter ganho por uns 2 ou 3. Sim, é confuso, mas isto aconteceu.

Soares

Atenção, que hoje assistiu-se a um momento histórico: Marega foi substituído. É possível! Foi para entrar o Soares, mas pronto, não se pode ter tudo.

Um FC Porto deskoffienado

Pouco seguro na defesa e incipiente na hora de rematar à baliza, o FC Porto escorregou (1-1) em casa do Belenenses SAD, que jogou com as armas que tinha, nomeadamente a grande exibição do guarda-redes Hervé Koffi. Os dragões já estão a quatro pontos do Benfica