Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Soares provocou um autogolo e marcou. É o melhor marcador do FC Porto nas competições europeias. Pausa para absorvemos esta informação

O FC Porto venceu o Feyenoord e qualificou-se para os 16 avos de final da Liga Europa, para alegria (bom, e surpresa) de Catarina Pereira

Catarina Pereira (Lá em Casa mando EU)

Quality Sport Images

Partilhar

Marchesín
Levou um golo entre as pernas de um rapaz que apareceu sozinho ali tão perto e pensou: “Ai é??? Ai é??? Vocês agora vão ver!!! Só sofro mais golos se for ou mesmo já a seguir, ou se for um colega meu a marcar! Tudo o resto vou defender que nem um louco!!!” E assim foi. Cumpriu exatamente isto. Incrível.

Corona
Apareceu bem ao segundo poste, dominou bem a bola e rematou, mas infelizmente foi ao poste. E infelizmente isto tudo foi na nossa baliza. Azares.

Pepe

Deixou o adversário rematar para o segundo golo do Feyenoord. Foi uma vergonha não se ter deitado no chão e defendido o remate do holandês com a mão, uma vez que o árbitro estava a oferecer este tipo de penáltis.

Marcano

Mantém o low profile que lhe permite absorver elogios em caso de vitória (“discreto, mas eficaz”, “não se deu por ele, o que é um excelente sinal”, “trabalho invisível”, etc), ou todos insultos em caso de derrota (“e o Marcano, onde está?”, “porque não joga o Diogo Leite?”, “mas este gajo não ganha uma bola porquê?”). Hoje foi daqueles dias cinzentos (ganhámos, mas com várias asneiras), que tornam esta análise frustrante. Vou passar para o próximo.



Alex Telles

Entrou no jogo praticamente a fazer uma assistência para golo, que é praticamente como entra em todos os jogos e, estou convencida, que até é praticamente como entra em restaurantes, centros comerciais, bibliotecas e outros locais que agora não me lembro, porque são praticamente horas de dormir.


Danilo
Esteve muito perto de marcar, mas o adversário defendeu a bola com a mão, no desespero de não querer premiar esta exibição de Danilo com um golo. Bem.

Uribe

Não sabemos se tem festejos de golos tão bons como o do Loum, mas sabemos que é melhor na organização de festejos de aniversários da mulher (em particular) e no meio-campo (assim em geral). 2-1 para Uribe. Merece o lugar.

Otávio

Jogo esforçado. Muito útil. A vida vai bem. O tempo está assim-assim. Boas Festas.

Luis Díaz
Isto às vezes é preciso um abanão para as coisas que fazem sentido irem ao sítio. É pena o abanão ter ocorrido num jogo do campeonato, num domingo à noite, comigo a ter de ver aquilo, mas não se pode ter tudo. Bem, isto para dizer que o lugar de Luis Díaz é aqui. Na Europa e por cá: a jogar.

Marega

Não sei se estão preparados para isto, mas cá vai: bom jogo. Criou lances de perigo, ganhou duelos e assistiu bem os colegas. A prova viva de que um avançado não precisa de marcar golos para jogar bem. Neste caso, focar mais no não marcar golos do que no jogar bem. Vocês perceberam.

Soares

Provocou um autogolo e marcou outro. É o melhor marcador do FC Porto nas competições europeias esta época.

Pausa para absorvemos esta informação.


Sérgio Oliveira

Voltou a entrar para segurar o jogo, depois de também ter entrado para mudar o jogo com o Belenenses SAD, o que sintetiza bem o facto de ainda não sabermos bem para que é que ele entra.

Zé Luís

Fez uns sprints e pareceu agitado, apesar de pouco prático e desengonçado. Parecia o meu filho a cantar na festa de Natal da escola.

Mbemba

Entrou para ajudar na fase do chuveirinho adversário para tentarem empatar com o primeiro classificado do grupo! Pfffff, fraquinhos.