Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

A poker face de Marcano, a bicicleta do Marco do Big Brother e uma equipa que não acerta um $”%/”#$ de um penálti (por Lá em Casa Mando Eu)

Catarina Pereira lamenta que, perante um adversário que marcou dois golos em bolas paradas, que o futebol continue a não premiar o talento de Marega

Catarina Pereira, Lá em Casa Mando Eu

MIGUEL RIOPA/Getty

Partilhar

Marchesín

Houve uma altura da época em que nos queixámos que Marchesín estava a ter de fazer muitas defesas para evitar o pior, sinal de que o FC Porto cedia muitas oportunidades de golo ao adversário. Agora, Marchesín não faz defesas e o FC Porto sofre dois golos em casa. Eram tempos bons e agradáveis e nem sabíamos, nem desfrutámos deles como devíamos.

Manafá

É dele a melhor oportunidade do FC Porto sem ser da marca de 11 metros da baliza, quando furou a defesa adversária e só não marcou por mero azar. O futebol também tem destas coisas: a jogada de Maradona frente à Inglaterra foi perfeita e acabou em golo, por isso nunca ninguém se esquecerá dela; a jogada de Manafá frente ao Braga foi imperfeita e acabou na bancada, por isso nunca ninguém se lembrará dela. Fica aqui o meu pequeno contributo para que essa memória não se apague. Justiça para Manafá!

Mbemba

O FC Porto voltou a entrar mal num jogo, mas desta vez não foi por insegurança ou desconcentração, nem os centrais se destacaram nesses dois aspetos. Esta é uma boa notícia malta, não desmoralizem!

Marcano

Bem posicionado, com sentido de antecipação, alguns cortes interessantes e sem aqueles passes diretos para o adversário. E conseguiu não se rir quando o Manafá caiu sozinho num contra-ataque do Braga. Muito bem Marcano, poker face sempre.

Alex Telles

Cruzou, cruzou e cruzou. É tão bom a cruzar, que também cruzou para os pés do guarda-redes do Braga no penálti. Quando escrevo isto já são 13h de sábado e espero sinceramente que, a esta hora, os jogadores do FC Porto ainda estejam todos no Olival a treinar penáltis. Uns a seguir aos outros, até quarta-feira. Podem ir à casa de banho enquanto outro colega marca, durante a noite vão-se revezando a dormir ou a marcar penáltis. Lembram-se do Big Brother e da bicicleta do Marco? É essa a ideia. Falam, falam, falam, cruzam, cruzam, cruzam, mas eu não os vejo a fazer nada.

Danilo

Continuo a não perceber como funciona ao lado de Uribe e até podia ser eu a estar a ser chata - temos de admitir pelo menos essa hipótese, vá -, mas penso que ainda nem Danilo percebeu. Felizmente, o senhor comendador saiu deste jogo e teve oportunidade de ir fazer para o banco algo de mais útil para a equipa, conforme se viu nas imagens televisivas: rezar. Eu não sou crente, mas considero aquele dos melhores movimentos técnico-táticos de Danilo esta época.

Uribe

Nas mesmas imagens, ao lado de Danilo, no banco, estava Uribe, com um ar preocupado, pensativo, suponho até um pouco desolado. Foi a melhor interação entre os dois nos últimos meses.

Otávio

Foi o melhor em campo do FC Porto e, como hoje estou numa de pessimismo, antevejo que vai acabar a época como o melhor da equipa.

Corona

Das exibições mais cinzentas dos últimos tempos, mas ainda sofreu um penálti. Infelizmente, os árbitros continuam a insistir que eles sejam marcados daquele pontinho branco a 11 metros da baliza, só com o guarda-redes à frente. Em vez de darem logo canto para o FC Porto, que é o que nós sabemos aproveitar melhor. Enfim, injustiças.

Marega

O Sp. Braga marcou dois golos de bola parada. No primeiro, com uma série de ressaltos, azares e um jogador perto do guarda-redes do FC Porto. No segundo, quase com as costas. Já o FC Porto, depois de desperdiçar dois penáltis, marcou numa jogada iniciada por Manafá, bem trabalhada por Marega na direita e com um encosto do ponta de lança. De bola corrida, simples, bonito. É uma pena que o futebol não saiba premiar o talento.

Soares

Está a marcar golos há não sei quantos jogos consecutivos, é claramente o nosso avançado em melhor forma e, mesmo assim, não consegue acertar um $”%/”#$ de um penálti. Acabem com esta coisa no futebol, porra. Mandem uma moeda ao ar, sempre era mais justo.

Luis Díaz

Desta vez, a sua entrada não significou um golo, que nos valesse um bom resultado com uma má exibição. Para a próxima nem entra, que é para aprender.

Aboubakar

Quando se falham dois penáltis, não se joga bem e se está prestes a ficar a 7 pontos do primeiro lugar, concordo que é preciso um milagre. Infelizmente, Aboubakar gastou o seu contra o Young Boys, na Suíça.

Sérgio Oliveira

FC Porto a perder em casa, período de descontos. Sai Danilo, entra Sérgio Oliveira. Escrevi isto aqui só para um dia nos lembrarmos de que isto aconteceu mesmo.