Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

No Bonfim, Lá Em Casa Mando Eu sentiu muito a falta do Marega... Eh eh. Desculpem. Já passou

O FC Porto venceu o Vitória de Setúbal, por 4-0, na 19ª jornada da Liga, e Catarina Pereira nem sabe bem o que escrever: "Agora é continuar, pronto, não há muito mais a acrescentar. Isto é mais fácil quando eles jogam mal, sabem?"

Catarina Pereira (Lá em Casa mando EU)

PATRICIA DE MELO MOREIRA

Partilhar

Marchesín

Admito que não estará a passar pela fase mais segura da sua vida, mas também... quem está?

Manafá
Esteve a um bom nível e, na verdade, parece que está sempre a um pequeno passo de ser o protagonista, de decidir bem, de fazer o passe crucial, de rematar e marcar um golaço, mas acontece sempre alguma coisa. Ou está um adversário à frente, ou corre mal, ou há uma pneumonia viral a vir da China (pode falar-se disto no Bonfim, ou ainda é um tema sensível?). Mas um dia ainda acredito que algo de bonito pode acontecer com Manafá.

Mbemba
Quando o Pepe se lesionou (já agora, alguém tinha percebido que era para tanto tempo?), temi todo um potencial penoso que não se tem vindo a verificar, confirmando assim que há receios que são só parte da minha ignorância e não da realidade. Isto tudo para dizer que o Mbemba joga bem e pronto.

Marcano
Seguro, eficaz e o que mais se aproximou dos adeptos no final para lhes agradecer, tendo estado muito perto de esboçar um sorriso ou, na loucura, uma emoção.

Alex Telles
Bate tantas vezes no símbolo do FC Porto na camisola e com tanta força que já não sei se é de raça, se é de estar mesmo zangado com isto tudo. Calma, rapaz.

Uribe
Está no sítio certo, na dose certa, na forma quase certa. Agora é continuar, pronto, não há muito mais a acrescentar. Isto é mais fácil quando eles jogam mal, sabem?

Sérgio Oliveira
Vivo para momentos como aquele em que a bola sai do seu pé e, durante os dois segundos que vai no ar, eu consigo pensar "tu queres ver?", "olha que era um passe do caraças, lá isso era" e "vai ser giro escrever sobre isto na Tribuna depois de andar sempre a arrasar o rapaz". No fim, ela cai nos pés do Alex Telles, que chuta, marca o segundo da noite e confirma assim que todos os meus receios com Sérgio Oliveira podem ser, por vezes, bastante infundados.

Otávio
Parecendo que não, as coisas até funcionam melhor quando se tem meio-campo e se faz uso dele. Entre as bolas da defesa para o ataque, há ali um espaço que afinal pode ser explorado. Ainda agora entrámos em fevereiro, estamos muito a tempo de aproveitar esta nova informação.

Corona

Joga com mais felicidade lá na frente e isso nota-se no rendimento dele e da equipa. A coisa estava a correr-lhe tão bem que há uma altura, quando estava já 2-0, que ele se senta no relvado com queixas e eu entro em pânico, foco-me na tragédia que seria perdê-lo esta semana e nem vi o golo do Soares. Ainda assim, estou convencida que as minhas preces compensaram essa falha, uma vez que ele se levantou logo para festejar o golo e, aparentemente, está bem. Escusam de agradecer.


Luis Díaz
Bem sei que é um criativo, um desequilibrador, que traz novas e interessantes características à equipa, que o 4x3x3 cai sempre muito bem, mas sentiu-se muito a falta do Marega. Eh eh. Desculpem. Já passou.

Soares
Marcou o terceiro da noite e provou assim que a sua série de jogos consecutivos com golos só foi interrompida pela final da Taça da Liga porque nós não ligamos nada àquilo.

Romário Baró
Ai, agora só de falar nisto irritei-me. Vá, adiante.

Zé Luís
Olha o Zé Luís! O Zé Luís, pá! Vi tantos programas sobre o mercado de inverno que estava convencida que tinha sido vendido.

Vítor Ferreira

No estádio fiquei a achar que tinha entrado o Saravia, por isso imaginem o quanto eu tenho mesmo de ir ao oftalmologista.

Vitória antes do clássico da (des)união

O FC Porto venceu tranquilamente o Vitória, em Setúbal, por 4-0, depois de uma entrada forte em jogo, e mantém a distância pontual para o líder Benfica, antes do clássico no Dragão, marcado para 8 de fevereiro