Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Lá em Casa Mando Eu viu os responsáveis do Ac. Viseu interessados com a exibição de Loum e acredita que deve surgir uma abordagem em breve

Deste empate com o Académico de Viseu, Catarina Pereira só gostou da exibição de Vítor Ferreira, por muito que o nome "Vitinha" ainda lhe faça uma certa espécie

Catarina Pereira, Lá em Casa Mando Eu

PAULO NOVAIS/EPA

Partilhar

Diogo Costa
Tem imenso potencial e o que importa é que possa aproveitar estes jogos para crescer, evoluir, aprender e viver novas experiências, como sofrer um golo do Académico de Viseu. As coisas que fazemos por ti, Diogo.

Saravia e Mbemba
Esta avaliação será feita a dois, em homenagem ao momento em que um jogador do Académico de Viseu apareceu entre eles, a cabecear para o golo do empate. As coisas que eles fazem por ti, Diogo.

Diogo Leite
Viu o Uribe a ganhar o lugar na equipa com aquele look karate kid e, vai daí, esbardalhou-se contra um colega só para abrir a cabeça e também ter uma ligadura. Ainda assim, o pedaço mais bonito de pano que tinha colocado estava à volta do braço.

Manafá
Ao intervalo, filmaram umas senhoras que tinham um cartaz a pedir a camisola ao Alex Telles. Imaginem morar em Viseu, ser do FC Porto, sonhar com isto durante anos e depois ver o onze titular.

Loum
Os responsáveis do Académico de Viseu pareceram ficar interessados e suponho que deve surgir uma abordagem nas próximas semanas.

Romário Baró
Ainda está longe da qualidade que nos apresentou no início desta época e, se as coisas continuarem assim, esta bem pode ser a única frase que vão ver nos próximos tempos de uma adepta do FC Porto que junte as palavras “qualidade” e “esta época”.

Vítor Ferreira
É a melhor notícia que este jogo nos trouxe: a confirmação de que temos aqui um grande jogador. Excelente na recuperação e no tempo de passe para o golo e quase sempre envolvido nas melhores jogadas da equipa. Continuo a ter imensos problemas com o nome "Vitinha", mas também admito que seja só uma questão de tempo até me habituar.

Luis Díaz
Tem tudo para dar certo: a técnica, a velocidade, a finta, mas o que é certo é que às vezes demora a aparecer. Eu sei, um dia esta avaliação vai explodir-me na cara quando ele estiver a brilhar numa noite europeia em Anfield pelo Real Madrid. Mas o que eu quero é que ele brilhe numa noite fria no Fontelo pelo FC Porto. Ou sábado, também pode ser sábado. Pronto, que seja no sábado. Sábado, está feito então.

Marega
Considero que foi uma excelente opção para começar a bater livres, sobretudo se o objetivo for mesmo bater nos livres.

Zé Luís
Voltou aos golos, depois sofremos outro e saiu, porque foi preciso voltar àquela fórmula que tantas alegrias nos tem dado. Eh eh.

Nakajima
Ainda bem que está de volta. Quase não consigo conter a excitação de não saber se vai jogar no sábado, ou se me vou ter de chatear por não jogar no sábado.

Corona
Entrou e foi imediatamente dar indicações a Manafá: "Olha, vai mas é pedir ao Alex Telles para dar uma camisola àquelas senhoras".

Soares
Por falar em Corona, recordem-me lá: na primeira mão de uma meia-final da Taça de Portugal, disputada numa terça-feira à noite de um ano de Jogos Olímpicos e sob o signo chinês do Rato, é possível marcar um penálti contra a equipa da casa? É que pareceu-me ser, mas estou sempre a confundir as regras entre as diferentes competições.