Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Sérgio: estes não são os cepos da Liga, são alemães, não têm sentido de humor, lá faz frio e eles não saem à noite (por Lá em Casa Mando Eu)

Aqui vai a análise bem-humorada de Catarina Pereira, de Lá Em Casa Mando Eu, a propósito dos jogadores do seu FC Porto que jogaram em Leverkusen

Catarina Pereira, Lá Em Casa Mando Eu

INA FASSBENDER

Partilhar

Marchesín
Defendeu um penálti, mas o árbitro mandou repeti-lo porque, aparentemente, Marchesín estava adiantado. Eu achei injusto porque, se o jogador do Leverkusen teve direito a uma paradinha, o Manafá também devia ter tido direito a uma.

Manafá
Foi a surpresa no onze inicial, uma vez que Sérgio Conceição tem optado por Corona a lateral direito nestes jogos mais complicados, mas assim deu para perceber que o facto de Manafá estar em campo realmente pode simplificar bastante a coisa.

Mbemba
O Tapsoba dos pobres.

Marcano
Voltei, aqui e acolá, a sentir aquela intranquilidade que não é admissível num central. Marcano não transmite grandes emoções, mas às vezes parece aquele tipo que anda de comboio sem pagar bilhete e passa o tempo a suar a olhar para o pica.

Alex Telles
Não estou preparada para chegar o dia em que vamos ficar sem estas bolas paradas. Sobretudo se continuarmos a jogar assim.

Uribe
Aproveito para fazer um minuto de silêncio por uma eliminatória de uma competição europeia em que a única equipa portuguesa a vencer foi o Sporting.

Pronto, adiante.

Sérgio Oliveira
Foi várias vezes batido e pareceu sempre espantado - “onde estão aqueles cepos da Liga a quem eu ganho as bolas?”. Sérgio, isto são alemães: não têm o nosso sentido de humor, não me parece que saiam à noite e está sempre frio. É óbvio que têm economias e meios-campos melhores, mas nós somos mais felizes.

Corona
Notou-se que ficou um bocadinho constrangido por ter de jogar com o Manafá, mas depois foi-se soltando e lá acabou por mostrar por que é, atualmente, o nosso melhor jogador. Juro, há momentos em que não acredito que é aquele que chegou cá assim meio tímido, sem mostrar grande coisa, completamente desaparecido de jogos inteiros. Se não fossem aqueles lábios tatuados no pescoço nem acreditava que é o mesmo.

Luis Díaz
Não percebi se foi a tempo de ser o marcador do golo, mas acho que, na dúvida, ele devia marcar um na segunda mão para acabar com as incertezas.

Marega
Os adeptos do Leverkusen receberam-no com imensas mensagens de apoio. Da última vez que isso aconteceu, acho que correu mal ao Sporting.

Soares
Não teve oportunidade de brilhar, uma vez que decidimos eutanasiar o nosso ataque. Viram o que eu fiz aqui para assinalar um dia histórico? Fogo, impressionante.

Nakajima
Deixámos os alemães estarem a ganhar por 2 para depois metermos o Nakajima e tentarmos começar a jogar à bola. Imaginem o quão difícil deve ser para um treinador adversário preparar isto.

Zé Luís
Não percebi se o Luis Díaz lhe roubou o golo, mas acho que, na dúvida, ele devia marcar um na segunda mão para acabar com as incertezas.

Danilo
Ora viva, senhor comendador, espero que tenha ouvido, como eu, estes 90 minutos de apoio incessante à equipa vindo da bancada. Que coisa bonita.