Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

A solução para o problema da eficácia: Pepe ficar sozinho com os avançados do FC Porto numa sala escura. Durante 97 minutos

A Catarina Pereira, do Lá em Casa Mando Eu, tem uma relação tão complicada com os avançados do FC Porto quanto eles tiveram com a baliza do Desportivo das Aves: teve saudades do Marega até ao momento em que o maliano entrou em campo, aconteceu-lhe o mesmo com Soares, Zé Luís estragou-lhe a noite e viu Aboubakar mostrar como, mesmo aos 89 minutos, vai sempre a tempo de contribuir para a equipa. Não marcando golos como os restantes

Catarina Pereira, Lá em Casa Mando Eu

JOSÉ COELHO / LUSA

Partilhar

Marchesín

Jogo de enorme dificuldade para o guarda-redes argentino, uma vez que começou às 21h15, só acabou às 23h20 e uma pessoa vê-se obrigada a ter de lutar contra o sono quando não tem nada para fazer.

Tomás Esteves

Confesso que foi uma surpresa vê-lo no onze, porque as 9272634 ausências decerto podiam ter sido contornadas de outra forma. Mas sendo assim, tendo mesmo que conviver com esta opção, ADOREI. AMEI. QUERO MAIS. Infelizmente, penso que saiu por cansaço e reparei que tinha a máscara mal colocada no banco, enquanto Zé Luís, ao seu lado, acertava em todas as recomendações da OMS, mostrando que o futebol, muitas vezes, sabe ser profundamente injusto com as reais qualidades do ser humano.

Mbemba

Os avançados do Aves deram muito trabalho, mas Mbemba… Estou a brincar, o Aves quis lá saber dos avançados.

Pepe

Por falar em avançados, julgo que Pepe merece ficar sozinho com os do FC Porto numa sala escura. Durante 97 minutos.

Diogo Leite

Também fiquei algo surpreendida por vê-lo em campo, quase que nem me lembrava que era possível isto acontecer. Nota-se que não é bem aquele lateral que gosta de cruzar e cruzar para a área, mas esteve irrepreensível a fazer de conta, para não ferir os sentimentos de ninguém.

Uribe

Há quem diga que este campeonato está a ser tão mau que ninguém o merece ganhar, mas eu só quero que ele acabe com o FC Porto em primeiro, para eu não fazer uma festa até às tantas como o Uribe, porque não é permitido e seria bastante estúpido.

Sérgio Oliveira

Também há quem diga que os adeptos são o 12.º jogador e penso que está a ficar demasiado evidente que, no caso do FC Porto, nós somos não só o 12.º jogador, como aquele que fica responsável por marcar os golos.

Otávio

Sofreu uma falta do guarda-redes do Aves na grande área e infelizmente o árbitro marcou penálti em vez de canto. Não me canso de mostrar a minha revolta perante isto!

Corona

Pareceu-me meio tonto com o facto de ter alguém com quem trocar a bola no lado direito. Ao intervalo, já pedia a Sérgio Conceição para Manafá voltar ou para o recuar para lateral, para ser mais fácil lidar com estes problemas existenciais.

Luis Díaz

Falhou tantos golos, tantos cruzamentos, tanta coisa, que a minha vontade é colocá-lo já numa conta corrente com o Aves.

Zé Luís

Falhou o penálti aos 22 minutos e esteve até aos 77 minutos em campo. Pelo meio, terá tomado más decisões aos 33', terá feito algo mal aos 44', terá tido pensamentos negativos aos 55' e ter-me-á estragado a noite aos 66'.

Marega

Tive muitas saudades dele, exatamente até ao momento em que entrou.

Soares

Idem.

Vítor Ferreira

Fez ali um passe que me fez levantar do sofá e admitir que os estádios não podem mesmo receber adeptos, porque se eu estivesse ali ia a correr abraçá-lo.

Aboubakar

Entrou aos 89 minutos e ainda conseguiu falhar algo, mostrando que um avançado do FC Porto vai sempre a tempo de contribuir para a equipa.