Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Sobre aquele momento em que Casillas levantou a Taça, Lá em Casa Mando Eu avisa: quem não tiver chorado, é expulso de sócio

Catarina Pereira viu o FC Porto fazer a dobradinha e manda também dizer que em Coimbra, na China ou no Cazaquistão, o segredo é este: o FC Porto quer sempre ganhar mais do que o Benfica

PAULO CUNHA/Lusa

Partilhar

Diogo Costa

Já se sabe que é muito difícil a vida de um guarda-redes quando o adversário praticamente não incomoda e, de repente, pode ser chamado a intervir. É preciso ir aquecendo, tentar manter-se concentrado, não começar a pensar demasiado cedo na festa, enfim. Foi uma noite complicadíssima para Diogo Costa neste aspeto, mas ele lá sobreviveu.

Manafá

Não conseguiu bater Jardel em velocidade num determinado lance, pelo que tem de repensar bem a sua carreira e até, quem sabe, a sua vida. Haverá maneira de compensar isto? Valerá a pena continuar a existir futebol? Tenho dúvidas, tenho dúvidas.

Mbemba

Não era o herói mais provável, pelo menos para quem andava desatento com as suas exibições e com as bolas paradas do FC Porto. Ou seja, para toda a equipa do Benfica. Dez anos à frente da concorrência deixaram o Mbemba claramente para trás, mas sozinho.

Pepe

Seferovic escolheu-o para um confronto de empurrões, palavras e mal-estar em geral, que seria o mesmo que escolher um grande tubarão branco para um mano a mano na água, sendo que, neste caso, o grande tubarão branco só precisou de se ir deitando para o chão, afagar a cabeça e olhar para eles com um ar mais fofinho do que o Nemo. Perfeito.

Alex Telles

Fiquei um bocado incomodada por claramente não terem avisado o Benfica que o FC Porto sabia bater bolas paradas, acho que isto não se faz, sinceramente. Uma coisa é a rivalidade, ok, tudo bem, até acho bonito, agora isto não vejo qual é a piada.

Danilo

Olhem, em relação àquele momento em que eles chamaram o Iker para levantar a taça com o capitão e o mister, por mim fazia-se assim: quem não tiver chorado, é expulso de sócio, proibido de entrar no Dragão e obrigado a doar um milhão de camisolas com aquele amarelo todo à frente.

Uribe

Enquanto escrevo isto, ainda estão a passar imagens de Luís Filipe Vieira a olhar para o telemóvel, tentando ler toda a lista de dispensas que Jorge Jesus lhe enviou.

Otávio

Confesso que, se eu não fosse do FC Porto e visse este jogo, Otávio passava a liderar a minha lista de alvos a abater, ultrapassando Donald Trump, Jair Bolsonaro e Hugh Dallas. Não só jogou bem, como foi sempre na raça, e isso deve ser extremamente irritante para quem tem de conviver com o carisma de um guardanapo.

Corona

Joga muito, para a frente, para trás, de calcanhar ou como muito bem lhe apetecer. Saiu por ordem do treinador, ou do adjunto, ou de quem achou que não precisávamos de 11 para lhes ganhar, quanto mais do Corona.

Luis Díaz

Saiu lesionado no último jogo, esteve em dúvida para este até à última e acabou por ser expulso ainda na primeira parte, num daqueles momentos em que tu pensas assim: ui, se é assim então vocês vão ver o que aí vem. Foi o FC Porto. Foi o FC Porto que aí veio.

Marega

Fez um jogo esforçado, tal como toda a equipa aliás, portanto Marega não foi mais nem menos do que os outros, a não ser que os outros sejam do Benfica, porque, nesse caso, Marega foi mais uma dobradinha do que eles.

Diogo Leite

Olhem, eu nem vou falar do árbitro, que isto hoje acabou por ser demasiado bonito.

Sérgio Oliveira

Aquele momento em que os jogadores e o staff que estavam na bancada começaram a apoiar a equipa já foi o melhor do ano e já estou a dar por adquirido que até dezembro há vacina contra a Covid-19.

Loum

Em Coimbra, na China ou no Cazaquistão, o segredo é este: o FC Porto quer sempre ganhar mais do que o Benfica.