Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

O Sporting esteve bem numa coisa: quando Corona toca na bola, os restantes jogadores devem parar, apreciar e bater palmas

Fora as honras que defende para cada intervenção do mexicano, o texto humorístico de Catarina Pereira, metade portista do Lá em Casa Mando Eu, também fez uma vénia a Pepe e lamentou a "cláusula" que só o permite a Taremi "jogar uns minutinhos no fim"

Catarina Pereira, Lá em Casa Mando Eu

Carlos Rodrigues/Getty

Partilhar

Marchesín

Ninguém pode ficar bem depois de sofrer um golo do Sporting. Só isso justifica o tempo que demorou a bater um pontapé de baliza, levando o árbitro a pensar que estava a tentar perder tempo. Nada disso, senhor juiz, estava só a pensar que sentido tem a vida depois de tamanha tragédia. Pensou tanto que levou o segundo, estragando-me a piada, a noite e a tal vida.

Manafá

Saudades de quando o Manafá era o lateral que se punha a jeito para eu vir aqui dizer mal.

Mbemba

Cinco golos sofridos em dois jogos. Acabei de reparar nisto e bloqueei.

Pepe

37 anos de idade. Quarto jogo numa semana e meia. Sempre impecável e a correr mais do que miúdos do Sporting que podiam ser filhos dele. Vénia.

Zaidu

Graças àquela assistência para o golo de Uribe, demorei exatamente 25 minutos a esquecer-me de Alex Telles. Lembrem-se que, há apenas dois anos, Zaidu estava no Mirandela e hoje esteve em Alvalade, provando que uma carreira pode ir abaixo num instante.

Sérgio Oliveira

Não esteve no seu melhor, mas também é normal, porque, fora o Pepe, ninguém recupera o ânimo assim tão facilmente de ser obrigado a ir à seleção.

Uribe

Teve a honra de poder marcar golo na primeira assistência de Zaidu com a camisola do FC Porto. É só estar atento, tarefa mais fácil não há.

Otávio

Uma ideia: em vez de obrigar as pessoas a instalar uma app que supostamente rastreia a Covid-19, que tal dar finalmente aos adversários do FC Porto a hipótese de se verem livres dele? Um Stayaway Otávio-25. Pensem nisso.

Corona

Quando Corona toca na bola, os restantes jogadores deveriam parar, apreciar e bater palmas. Curiosamente, muitas vezes os defesas do Sporting pareceram excelentes na primeira, relativamente bons na segunda e só faltou mesmo a terceira.

Díaz

Estava endiabrado na primeira parte, passando por um e dois adversários como se eles fossem feitos de papel. Uma imagem bonita, até porque aposto que muitos adeptos sportinguistas preferiam ter tido hoje um cartão em vez do Neto.

Marega

Mesmo quando o FC Porto esteve por cima do jogo e a criar muitas dificuldades à defesa do Sporting, pouco de Marega se viu. Sérgio Conceição pensou então que devia tirá-lo para melhorar a equipa. Um erro que eu cometo há muitos anos e que deve ser evitado.

Felipe Anderson

Não meteu o pé à bola na jogada que dá o empate do Sporting. Se isto continua assim, vai para o frio de Inglaterra mais cedo do que esperava.

Toní Martínez

Sem glúten.

Romário Baró

Se eu acabar rapidamente esta análise, ainda podemos ir todos ver a novela da TVI como o presidente.

Nanú

Pensámos todos que ia entrar para o Manafá ir finalmente tapar o lado esquerdo, mas afinal era o próprio Manafá que estava com queixas. As melhoras, querido Wilson!

Taremi

Entrou e quase marcava. É realmente uma pena que tenha aquela cláusula que só o permite jogar uns minutinhos no fim.