Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Era suposto agradecermos ao Payet e o Sérgio Oliveira deu-lhe uma bela porrada. Não foi bonito

O texto humorístico da Catarina Pereira, do Lá em Casa Mando Eu, também elogiou as duas assistências de Jesús Corona, que teve a perspicácia de fazer "uma para Marega, que estava sozinho, e outra ainda melhor, porque percebeu que era melhor não ser para Marega"

Catarina Pereira, Lá em Casa Mando Eu

Quality Sport Images

Partilhar

Marchesín

O Marselha não fez nenhum remate enquadrado com a baliza portista, por isso penso que estamos em condições de afirmar que Marchesín viu hoje o jogo na sua cadeira de sonho.

Manafá

Houve ali uma altura em que era ele a lançar os colegas no contra-ataque e quase que deixava Zaidu isolado para a baliza, naquela que podia ter sido a melhor jogada de sempre entre laterais pelos quais não dávamos nada e de repente já constatamos que não há muito melhor.

Mbemba

Não é fácil mudar o chip depois de uma derrota, mas felizmente a equipa soube reagir à tragédia de uma Liga com o Sporting na liderança.

Sarr

Fez um daqueles penáltis ingénuos, completamente desnecessários e por vezes irritantes, mas o Marselha também fez o favor de o falhar. Se há coisa que me faz impressão são estas equipas ditas grandes não saberem marcar um mísero pontapé da marca de grande penalidade.

Zaidu

Mais uma exibição segura na Liga dos Campeões. Pena que os jornais se vão concentrar mais na exibição de Diogo Jota contra a Atalanta. Enfim, a vergonha do costume.

Uribe

Jogo controlado, nada a apontar. Agora tudo a ir dormir cedinho e rezar para amanhã não acordar outra vez com o Trump presidente.

Sérgio Oliveira

Marcou um golo, de penálti (!), e logo a seguir deu uma bela porrada no Payet, cuja carreira ficará sempre marcada por ter sido quem afastou Cristiano Ronaldo da final do Euro 2016. Ou seja, era suposto agradecermos-lhe e o Sérgio Oliveira ainda lhe faz isto? Não foi bonito.

Otávio

Já mais perto da sua forma, trouxe a intensidade que tem faltado à equipa. Mas também é preciso reconhecer que o Marselha não é nenhum Paços de Ferreira: em Portugal, a jogar assim, teria muitas dificuldades na Primeira Liga.

Corona

De volta ao lugar em que faz toda a diferença. Vou repetir, para que todos percebam: de volta ao lugar em que faz toda a diferença. Sofreu um penálti e fez duas assistências para golo: uma para Marega, que estava sozinho, e outra ainda melhor, porque percebeu que era melhor não ser para Marega.

Luis Díaz

Foi para Luis Díaz, lá está. E bem, que foi um golaço!

Marega

Seis jogos depois, voltou aos golos. E logo aos 4 minutos de jogo, que é para começar logo a contar o relógio para os próximos seis jogos sem marcar.

Nakajima

Entrou para continuar a assimilar o espírito da equipa, nomeadamente o de ter de ser a única equipa portuguesa com prestígio de Champions.

Fábio Vieira

Capitão!

Taremi

Não mostrou muito nos 6 minutos em que esteve em campo, o que é estranho, porque costuma mostrar muito nos 6 minutos em que está em campo.

Grujic

Vocês não imaginam a carga de trabalho que dá confirmar que não me esqueci de ninguém.

Romário Baró

Duas vitórias em três jogos na Liga dos Campeões e um trajeto muito importante para a esperada qualificação para os oitavos, que eu trocava facilmente pelos 3 pontos contra o Paços de Ferreira, ou o Marítimo, ou o Sporting.