Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Lá Em Casa Mando Eu

Lá em Casa Mando Eu pede a renovação da dupla Otávio-Sérgio Oliveira, também conhecida por Xavi-Iniesta dos pobres

Aqui fica a análise bem-humorada de Catarina Pereira à vitória do FC Porto em casa frente ao Tondela por 4-3

Gualter Fatia/Getty

Partilhar

Marchesín

Sérgio Conceição cansa-se de avisar que prefere ganhar 1-0 do que 4-3 e o que é que faz a equipa? Ganha 4-3. Se isto não é provocar, mister…

Manafá

Pago um milhão de euros a quem encontrar uma declaração minha a criticar a postura defensiva do Manafá. Eh eh eh, estou a brincar, eu tenho lá um milhão de euros para vos pagar.

Sarr

(A procurar no Google informações sobre a lesão de Pepe, tempo de recuperação, como lidar com a ansiedade…)

Mbemba

Uma pessoa habitua-se a jogar com o Pepe ao lado e, de repente, tem que liderar uma defesa. Mbemba é o irmão mais novo do bully do recreio que de repente tem que se safar sozinho no intervalo. Tem levado umas porradas para crescer – e nós também.

Zaidu

Fez o primeiro golo, na sequência de uma boa jogada, mas mantém um género de passividade defensiva que parece um pára-raios para desgraças. Felizmente, a trovoada só tem aparecido de vez em quando.

Uribe

Pareceu-me bem na pressão, na assistência para golo, na calma que queria impor - e estou eu a pensar nisto quando ele é expulso e levamos uma bola na barra e lá se foi a minha calma. Porque é que eu me ralo tanto com isto, porquê?

Sérgio Oliveira

Espero que a internet não tenha guardado tudo o que escrevi sobre ele. É o nosso motor e já lhe saem bem os toques como o do terceiro golo - que outrora me enervavam. Sérgio, respira fundo, não leias o que eu já escrevi sobre ti e assina a renovação.

Octávio

Com Sérgio Oliveira, forma o nosso Xavi-Iniesta dos pobres. Combinam tão bem que podiam até acertar o dia da renovação e irem a tabelar até aos escritórios.

Luiz Diaz

Assistiu Marega de ressalto no essencial segundo golo e isso vale mais que qualquer drible. Os pratos gourmet são muito bonitos, mas naquela altura queríamos era arroz.

Taremi

Um golo à ponta de lança e um envolvimento coletivo permanente. Em linguagem moderna, de comentador, é um jogador “diferenciado”. Aceito, no sentido em que é que diferente de vários cepos que eu às vezes aturo.

Marega

Se Maradona se define pelo jogo com a Inglaterra, com um golo a enganar o árbitro e no outro toda a equipa inglesa, Marega define-se pelos dois golos plenos de oportunidade e por aquela bola ao lado, sem ninguém na baliza, estragando uma grande receção de Taremi. Maradona/Inglaterra86, Marega/Tondela 2020.

Nakajima

Lost in translation.

Evanilson

Substituiu Taremi, mas não entrou mesmo, mesmo em campo.

Corona

Foi lá para dentro tentar guardar a bola e sossegar-me. Não correu bem.

Fábio Vieira

A mesma coisa.

Grujic

Era para defender e dá-me ideia que aquela bola à trave nasce numa perda dele. Ainda não tive coragem de confirmar, mas, se assim for, deve-me 5 anos de vida.