Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Lá Em Casa Mando Eu

Noc, noc, noc. Este é o som de Lá em Casa Mando Eu a bater na madeira depois de mais uma bola à trave da baliza do FC Porto nos descontos

Catarina Pereira analisa a exibição do FC Porto frente ao Paços de Ferreira para a Taça da Liga e lamenta que o jogo tenha sido à porta fechada. A pandemia tirou-nos a festa da Taça da Liga e as 5 mil pessoas que estariam no estádio, só porque tinham sido mesmo obrigadas a isso

ESTELA SILVA/LUSA

Partilhar

Diogo Costa

Estou a gostar muito desta tradição de levar com a bola nos postes ou na trave nos descontos, quando temos uma vantagem de um golo. Não sou supersticiosa, mas acabei de bater três vezes na madeira antes de falar sobre isto aqui.

Nanu

Ainda me assusto quando o vejo a entrar no Dragão, mas felizmente já não é no Marítimo.

Diogo Leite

Noc, noc, noc. Desculpem, pelo sim pelo não, estava a bater três vezes na madeira outra vez.

Pepe

Um mês e 19 dias depois, regressou o nosso capitão, para infelizmente acabar a sair novamente lesionado, após um choque violento com Toni Martínez. Consigo perdoar ao avançado espanhol os golos falhados, mas isto não sei como vai ser.

Sarr

Consigo identificar pouquíssimas coisas bonitas na Taça da Liga, mas o sorriso de Sarr ao marcar um golo e ir celebrar com toda a gente será certamente uma delas.

Uribe

Muito triste de ver este jogo à porta fechada. A pandemia tirou-nos a festa da Taça da Liga e as 5 mil pessoas que estariam hoje no estádio, só porque tinham sido mesmo obrigadas a isso.

Sérgio Oliveira

Este foi o oitavo jogo do FC Porto em 21 dias. Fala-se muito no desgaste dos jogadores que têm de atuar em todas estas partidas, mas dá-se muito pouco destaque aos cronistas que tiveram de escrever sobre eles oito vezes em 21 dias. Fica aqui a minha sincera homenagem.

Felipe Anderson

Agarrou muito bem mais uma oportunidade dada pelo treinador e fez um jogaço, com várias intervenções brilhantes que não vou estar aqui a especificar para não vos cansar. Estou a brincar, só reparei que ele tinha estado em campo quando, ao intervalo, apareceu a placa para ele sair.

Corona

Escrevi há uns dias que a Taça da Liga era a competição ideal para Corona descansar, pelo que Sérgio Conceição fez aquilo que qualquer pessoa de bom senso faria: ignorou-me e colocou Corona a jogar na Taça da Liga.

Luis Díaz

Algumas trocas de bola rendilhadas com Corona e aquele segundo golo, mesmo antes do inevitável momento em que uma equipa do meio da tabela da Liga portuguesa introduz a bola na nossa baliza. Importante, portanto.

Toni Martínez

Falhou uns golitos e, felizmente, a equipa conseguiu evitar ter de ir a penáltis, não só porque Toni Martínez estava numa daquelas noites em que certamente iria falhar, mas sobretudo porque teríamos todos de ficar mais tempo das nossas vidas a ver este jogo.

Otávio

Quase que marcava um golo à Maradona, o que seria uma pena, porque se era para marcar um golo depois de fintar quase uma equipa inteira, talvez fosse de evitar fazê-lo numa quarta-feira, contra o Paços de Ferreira, para a Taça da Liga.

Manafá

Sinto que gastei demasiado espaço desta análise a dizer mal da Taça da Liga, mas não prometo não voltar a fazê-lo no próximo jogo desta competição. Que não faço ideia quando será e contra quem será.

Taremi

Gostei muito da forma como estava a olhar para a baliza, sozinho, de mãos nos bolsos, ao intervalo. Parecia que estava a pensar: "Sim, minha amiga, ainda vamos ser muito felizes. Deixa só chegar o minuto 85".

Grujic

Quando o Taremi estava a pensar aquilo, o Grujic estava na baliza, a evitar que qualquer suplente do Paços se lembrasse de ir aquecer para ali. Muito útil, também.

João Mário

Noc, noc, noc.