Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Lá em Casa Mando Eu está indignada já que Corona, que faz parte do seu grupo prioritário, ainda não foi vacinado contra a covid-19

Catarina Pereira tem coisas a dizer sobre o FC Porto - Rio Ave, nomeadamente estas

MIGUEL RIOPA/Getty

Partilhar

Marchesín

Quando foi preciso, esteve lá para não deixar que a bola entrasse. Teve em Gelson Dala o adversário mais perigoso, mas nada que se assemelhe ao risco de Mbemba na área esta noite.

Manafá

Esteve muito certinho, a não ser quando deixou o Mbemba sozinho. A corrigir no futuro.

Mbemba

Tem estado longe de marcar golos e já sabemos como ele é impaciente em relação a isso. À falta de melhor, tentou marcar a Marchesín, mas felizmente não conseguiu.

Pepe

Ficou muito bonito ao lado de Loum, na roda final, mostrando que entre os dois está tudo sanado. Nem eu alguma vez duvidei do espírito pacifista do Pepe.

Zaidu

Bom cruzamento para o primeiro golo. E vou deixar-vos a pensar nisto, porque sei que não é uma coisa que eu escreva muitas vezes.

Uribe

Parece-me que está num crescendo exibicional, mas preciso de mais amostras para fazer uma conclusão devidamente científica.

Sérgio Oliveira

Tem estado em boa forma esta época, mas, ainda assim, é dos poucos portugueses que ainda não ganhou a Taça Libertadores a treinar uma equipa brasileira.

Corona

Com tanta gente a ser vacinada contra a covid-19 indevidamente, fico cada vez mais indignada, uma vez que ainda não foi Corona, que faz parte do meu grupo prioritário.

Luis Díaz

Falhou à primeira, falhou à segunda e, sim, estão a ler a análise de Luis Díaz e não a de Marega. Sobretudo porque lá para a terceira ou quarta acertou mesmo e marcou o primeiro da noite.

Marega

Esteve numa noite não, como em muitas outras noites da sua vida em geral e da nossa equipa em particular.

Taremi

Fundamental a trabalhar para a equipa e a fazer a assistência para o segundo golo, num lance em que até podia ter-se atirado para o chão para sacar o penálti. O que o FC Porto faz às pessoas...

Evanilson

Está a tornar-se mestre na arte de entrar e marcar pouco depois, por isso, por mim, é metê-lo dentro de campo só quando estivermos à rasca, que isto da sorte e da superstição não pode estar sempre a gastar-se.

Fábio Vieira

Entrou quando já estávamos a fazer contas ao dérbi lisboeta e ao incómodo que é torcer por qualquer uma dessas equipas, consoante o que nos dá mais jeito.

Nanu

Dica em relação ao último parágrafo: na dúvida, torcer pelo empate.

Grujic

Desculpem a pressa, mas quinta-feira já há mais e os jogadores não são os únicos a sofrer com o excesso de jogos.

Loum

Está mesmo tudo bem com ele, ufa.