Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Lá Em Casa Mando Eu

Bruno Fernandes entrou em campo e foi logo ter com Ronaldo: "Vamos continuar a jogar todos para ti, vim só reforçar que te adoramos"

Visto o Portugal-Azerbaijão, a metade portista do Lá em Casa Mando Eu também suspirou, na sua análise humorística, pelo futebol do antigamente, nos tempos "daquelas goleadas por sete ou oito com muitos golos do Pauleta"

Catarina Pereira, Lá em Casa Mando Eu

Emmanuele Ciancaglini/Quality Sport Images/Getty

Partilhar

Anthony Lopes

Sem lhe tirar o mérito por ser certamente um bom guarda-redes com uma carreira muito séria e íntegra, imagino que tenha ficado em choque quando soube que desta vez ia à seleção para jogar e não para estar com o Cristiano Ronaldo, ouvir umas piadas do Pepe ao jantar e aplaudir do banco tudo o que o Rui Patrício costuma fazer.

João Cancelo

Soubemos hoje que a AstraZeneca tinha 29 milhões de vacinas escondidas numa fábrica em Itália, tal como temos escondido Manafá da seleção porque preferimos exportá-lo para o Reino Unido já que pagam melhor.

Domingos Duarte

Achei muito bem o Pepe sair no último jogo do FC Porto, não por não ficar sempre preocupadíssima com o seu estado de saúde, mas porque assim sempre escapava de ir à seleção.

Rúben Dias

Não sei bem em que altura falar do golo da vitória de Portugal, uma vez que nenhum jogador português se esforçou para que ele acontecesse. Olhem, já falei, fica aqui.

Nuno Mendes

O futebol realmente já não é o que era. Estas equipas como o Azerbaijão já não são fáceis, o apuramento para o Mundial já não conta com aquelas goleadas por 7 ou 8 com muitos golos do Pauleta e o Sporting até manda um jovem à seleção só porque está em primeiro e pode. Não sei se consigo viver num mundo assim, tudo do avesso.

João Moutinho

É uma espécie de navio Evergreen no Canal do Suez para a minha vida, mas, em vez de estar a bloquear uma via de comércio fundamental, não está é a deixar entrar mais nenhum médio no meu coração.

Rúben Neves

Pausa para eu respirar um bocadinho perante um meio-campo com João Moutinho e Rúben Neves. Pronto, já recuperei, podemos continuar.

Pedro Neto

Era preciso mais alguém para cumprir a quota obrigatória de jogadores do Wolverhampton no onze da seleção portuguesa e o Pedro Neto respondeu: "ok, desta vez vou eu. Também não ficava aqui em Inglaterra a fazer nada, que os meus amigos foram todos para lá".

Bernardo Silva

ZzzzZZZZZzzzzz. Ai, desculpem, concentrei-me mesmo arduamente durante cinco minutos no jogo e adormeci. Nunca mais cometo o mesmo erro.

Cristiano Ronaldo

Reparei que se esforçou muito, mas ainda não foi desta que recuperou da HUMILHAÇÃO HISTÓRICA nos oitavos de final da LIGA DOS CAMPEÕES frente ao MANAFÁ.

André Silva

Anda a marcar muitos golos da Alemanha, mas uma pessoa não percebe bem como. Talvez porque "marcar golos" lá se diga qualquer coisa como "Westgebundenmachennacht".

Bruno Fernandes

Entrou em campo ao intervalo e foi logo ter com Cristiano Ronaldo explicar-lhe o que era para fazer na segunda parte: "Vamos continuar a jogar todos para ti, vim só aqui reforçar que te adoramos todos".

Rafa

De vez em quando tem mesmo de entrar um jogador da espinha dorsal da seleção que é para não nos esquecermos disso.

João Félix

Muitas pessoas não perceberam bem porque é que Portugal jogava em casa mas foi para tão longe, mas eu explico, conforme é, aliás, a minha obrigação. Turim é, na verdade, a capital da República do JorgeMendistão e o próximo jogo da seleção em casa posso avançar desde já que será no quintal da casa da D. Dolores.

João Palhinha

Estreou-se pela seleção e felizmente não levou cartão amarelo, porque senão seria o seu sétimo amarelo esta época, sendo o sexto para o Tribunal Arbitral do Desporto, o quinto para a Liga e o quarto para o Sporting. Esqueçam, já me perdi, não percebo nada disto.

Sérgio Oliveira

Entrou quase aos 90 minutos o português que já foi mais feliz em Turim.