Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Pepe gritou ao árbitro: "Tu nem com o vídeo!". Faltou acrescentar nem com VAR, nem Dolby Surround, nem MIT, nem inteligência artificial

Na análise humorística de Catarina Pereira, a metade portista do Lá em Casa Mando Eu, consta igualmente a reflexão sobre a suposta passagem de testemunho do prémio de melhor jogador da I Liga entre "um talento" como Jesús Corona e Sebastián Coates: "descredibilizamos completamente este campeonato e é provável que nem conte para o palmarés"

Catarina Pereira, Lá em Casa Mando Eu

MIGUEL RIOPA/Getty

Partilhar

Marchesín

Entre as coisas que dou como certas na vida estão as más primeiras partes deste FC Porto, uns três penáltis por marcar a favor de qualquer FC Porto e a expulsão de Sérgio Conceição num jogo com muitas emoções. Ah, já me esquecia da que se tem mesmo de dizer: a morte. Por este andar, a minha vai ser a ver futebol.

Nanú

Quando era pequenina, eu, o meu irmão e o meu pai jogávamos quase sempre da mesma maneira: o meu pai à baliza para nos fazer a vontade, o meu irmão a rematar porque queria marcar golos e eu a cruzar porque tinha de fazer alguma coisa. O que é que isto tem a ver com o Nanu? Não sei, talvez ele não tenha nada para fazer.

Artigo Exclusivo para assinantes

No Expresso valorizamos o jornalismo livre e independente

Já é assinante?
Comprou o Expresso? Insira o código presente na Revista E para continuar a ler