Tribuna Expresso

Perfil

Lá Em Casa Mando Eu

Diogo Jota não passou a bola a Ronaldo e Lá em Casa Mando Eu não sabe se ele terá condições para continuar na Seleção Nacional

Catarina Pereira faz a análise do primeiro jogo de Portugal no Euro 2020, encontro em que viu mais dois golo rumo ao objetivo final de toda uma nação, a meta que todos temos de alcançar (quer queiramos, quer não), o resultado que nem nos deixa dormir bem à noite: bater o recorde de Ali Daei

Laszlo Balogh - Pool/Getty

Partilhar

Rui Patrício

Os húngaros não assustaram muito e, quando foi preciso, lá esteve Rui Patrício a segurar o empate. Infelizmente, a seleção depois marcou três golos, afastando-se do resultado que tanto ambiciona. Há agora dois jogos para recuperar, pode ser que Alemanha e França nos façam a vontade. Um bom 0-0 e outro 1-1, pode ser, por favor?

Nélson Semedo

Andamos há muitos anos a gozar com a quantidade de laterais-direitos talentosos com nacionalidade portuguesa, pelo que o coronavírus foi simpático e atacou apenas onde era mais fácil chamar outro. (As melhoras, Cancelo) (Ainda estou em choque por não ter vindo o Cédric).

Artigo Exclusivo para assinantes

No Expresso valorizamos o jornalismo livre e independente

Já é assinante?
Comprou o Expresso? Insira o código presente na Revista E para continuar a ler