Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

Bale não está na convocatória contra o City e Zidane explicou porquê: "Preferiu não jogar"

O jogador galês continua afastado da equipa e do treinador, numa novela que parece não ter fim

Lusa

Lukas Schulze - UEFA

Partilhar

O treinador Zinedine Zidane revelou hoje que o futebolista galês Gareth Bale “preferiu não jogar” na sexta-feira, em Manchester, onde os ‘merengues’ decidem com o City a passagem aos quartos de final da Liga dos Campeões.

“Dizem-se muitas coisas. Temos uma relação de respeito entre treinador e jogador. É uma conversa privada, só posso dizer que preferiu não jogar e o resto é entre ele e mim”, sintetizou o técnico francês.

O Real Madrid não conta com um dos seus atletas mais experientes neste jogo decisivo, depois de o Manchester City, treinado por Pep Guardiola, ter vencido por 2-1 em Espanha, em fevereiro, antes da paragem das competições devido à pandemia da covid-19.

Zidane não quis explorar mais o assunto Bale, admitindo somente que se trata de um assunto pessoal e que o mesmo “fica no balneário”.

Quanto à eliminatória, confia que a sua equipa “está bem” e promete que vai tentar fazer “um grande jogo” para poder vencer “mais uma final” e marcar presença na fase decisiva da prova, em Lisboa.

Bale aproveitou a celebração do título para gozar com os colegas, tentar derrubá-los e não homenagear Zidane

O galês continua a mostrar o que é. No fim do jogo com o Villarreal, que deu o título ao Real Madrid, divertiu-se a caricaturar a festa dos companheiros de equipa, nunca se juntando ao grupo e recusando-se a prestar tributo ao treinador, Zinedine Zidane