Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

“Beleza, história, cultura, património, praias e hospitalidade”. Fernando Gomes confia numa boa Champions e fala sobre Lisboa

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) acredita que Lisboa vai proporcionar uma fase final da Liga dos Campeões "inesquecível" e manifesta "orgulho, honra e privilégio" pela "missão" que foi concedida pela UEFA

Lusa

NurPhoto

Partilhar

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) acredita que Lisboa vai proporcionar uma fase final da Liga dos Campeões "inesquecível" e manifesta "orgulho, honra e privilégio" pela "missão" que foi concedida pela UEFA.

"É com um sentimento de orgulho, honra e privilégio que recebemos a fase final. Partimos para esta aventura com grande sentimento de missão e responsabilidade", começa por transmitir Fernando Gomes, na mensagem de boas-vindas que consta do guia oficial da inédita fase final da prova, que hoje arranca em Lisboa.

A pandemia de covid-19 obrigou a uma alteração do formato da edição 2019/20 da principal competição europeia de clubes, que será decidida em 11 dias, através de uma ‘final a oito’, com eliminatórias discutidas num só jogo, nos estádios da Luz e de Alvalade.

Fernando Gomes salienta a "enorme capacidade" que Portugal tem demonstrado para "organizar grande eventos desportivos", como o Euro2004, a fase final do Europeu de futsal, de 2007, a final da Liga dos Campeões, em 2014, e a fase final da Liga das Nações, em 2019, os quais são "excelentes exemplos da capacidade empreendedora do país e da sua paixão pelo futebol".

"Temos, assim, a certeza de que conseguiremos realizar uma Liga dos Campeões inesquecível, promovendo em todo o mundo o amor genuíno pela modalidade", refere o líder da FPF, agradecendo "o voto de fé" e "apoio incondicional" da UEFA ao país.

Além de elogiar "beleza, história, cultura, património, praias e hospitalidade" da cidade de Lisboa, que vai acolher a fase final da ‘Champions’, Fernando Gomes deixa igualmente um agradecimento à edilidade lisboeta, bem como a Benfica e Sporting, cujos respetivos estádios vão receber os derradeiros sete jogos da competição.

"Temos a vontade, resiliência e entusiasmo necessários para podermos receber as oito melhores equipas da Europa. Temos o sonho de oferecer a todos um grande evento desportivo. Saberemos honrar o futebol, Portugal e a Europa", conclui o líder da FPF.

Os quartos de final da Liga dos Campeões arrancam hoje, com o jogo Atalanta-Paris Saint-Germain, no Estádio da Luz, a partir das 20:00, e prosseguem até sábado, com as partidas Leipzig-Atlético de Madrid (quinta-feira), FC Barcelona-Bayern de Munique (sexta) e Manchester City-Lyon (sábado).

As meias-finais disputar-se-ão em 18 e 19 de agosto, enquanto a final da prova ‘milionária’ está agendada para 23 de agosto, no Estádio da Luz.