Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

UEFA atribui derrotas a clubes que tinham os plantéis em quarentena

O Slovan Bratislava, da Eslováquia, foi excluído da Liga dos Campeões, enquanto o Prishtina, do Kosovo, saiu da Liga Europa, devido à covid-19

Tribuna Expresso e lusa

Dylan Martinez

Partilhar

O Slovan Bratislava (Eslováquia) e o Prishtina (Kosovo) ficaram hoje de fora das competições europeias de futebol, por decisão do Comité de Apelo da UEFA, por terem tido casos positivos de covid-19 que obrigaram a quarentenas.

Todo o plantel do Slovan encontra-se de quarentena nas Ilhas Faroé, levando ao cancelamento do jogo com o Klaksvík, que decidiria a passagem à segunda fase de qualificação da Liga dos Campeões, após um caso positivo de um jogador.

O jogo, inicialmente agendado para dia 21 de agosto, não se realizou, e agora o Comité de Apelo decidiu pela derrota por 3-0 dos eslovacos, que ficam pelo caminho, à semelhança do Prishtina, na Liga Europa, anunciou hoje a UEFA em comunicado.

No caso dos kosovares, o cenário é idêntico, uma vez que toda a equipa se encontra em quarentena em Gibraltar, onde deveria defrontar o Lincoln Red Imps em 18 de agosto, primeiro, e depois no dia 22.

Para a segunda data, os kosovares apresentaram uma lista de jogadores com teste negativo e elegíveis para jogar, mas oito elementos desse grupo deram positivo, acabando o clube por perder, também por 3-0, por decisão da UEFA.

Antes, o campeão do Kosovo, o Drita, faltou a um jogo na Suíça, numa série de problemas na retoma desportiva para 2020/21, para a qual a UEFA encara a Supertaça, em 24 de setembro em Budapeste, como um ‘teste' ao regresso do público aos estádios, opondo o Bayern de Munique, campeão europeu, e o Sevilha, vencedor da Liga Europa.

Usain Bolt infetado com covid-19

O velocista celebrou os 34 anos com uma festa e... ficou infetado