Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

Os jogos das portuguesas ainda nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões feminina

O Lyon de Jéssica Silva, atual campeão europeu, defronta as dinamarquesas do Brondby, enquanto a Fiorentina de Cláudia Neto terá pela frente as inglesas do Manchester City

Tribuna Expresso

Harold Cunningham - UEFA

Partilhar

Já não há representante português na prova, depois do Benfica ter sido eliminado pelo Chelsea nos 16 avos de final (5-0 e 3-0), mas haverá ainda jogadoras portuguesas em campo nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões feminina, que foram sorteados esta terça-feira, em Nyon.

Cláudia Neto, capitã da seleção nacional, joga na Fiorentina, equipa italiana que irá defrontar as inglesas do Manchester City, enquanto Jéssica Silva, que faz parte do plantel do Lyon, campeãs europeias há cinco épocas consecutivas, defrontará as dinamarquesas do Brondby.

As finalistas vencidas da época passada, as alemãs do Wolfsburg, vão defrontar as campeãs norueguesas, LSK Kvinner.

Já o Chelsea, que lidera a Liga inglesa feminina, irá disputar o jogo mais chamativo da ronda, contra as espanholas do Atlético de Madrid, que ganharam a Supertaça espanhola mas têm desiludido no campeonato, seguindo apenas em 4.º lugar. Contudo, ainda não é certo que ambas as equipas possam disputar os jogos nos seus respetivos países, devido às atuais restrições de viagem provocadas pela covid-19.

A 1.ª mão dos oitavos-de-final será disputada a 3 e 4 de março, enquanto a 2.ª mão está marcada para 10 e 11 de março. A final será disputada em Gotemburgo, na Suécia, a 16 de maio.

Recorde-se que, a partir da próxima época, 2021/22, a Liga dos Campeões feminina já passará a ser disputada nos mesmos moldes da masculina, com uma fase de grupos antes da fase eliminatória, algo que até agora não acontece.

O Lyon vence a Liga do Lyon feminina pela quinta vez seguida

Nunca uma equipa de futebol replicara o feito do Real Madrid de Di Stéfano e Puskas, de outro tempo bem distante, até este Lyon, que ganhou (3-1) ao Wolfburgo e conquistou a Liga dos Campeões feminina pelo quinto ano consecutivo. São já sete as conquistas só nesta década