Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Liga dos Campeões

Sérgio Conceição: "Podíamos ter feito o 3-0. É um amargo de boca, os jogadores não mereciam o golo que sofremos"

As declarações de Sérgio Conceição, na flash interview da Eleven Sports, após a vitória do FC Porto sobre a Juventus, na 1.ª mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões

Tribuna Expresso

Octavio Passos

Partilhar

Entrada a ganhar

"Não conseguimos entrar a ganhar por acaso, foi trabalhado. Foi a nossa pressão mais alta sobre o adversário e é mais fácil quando a bola está parada, a partir de um pontapé de baliza, por exemplo. Os jogadores interpretaram perfeitamente aquilo que queríamos nesse momento do jogo. Foi importante e fizemos 1-0. Continuámos sempre muito bem organizados, num bloco mais alto ou mais baixo. Os jogadores interpretaram perfeitamente o que queríamos, mesmo numa 2.ª fase onde o Rabiot tem grande influência no meio-campo adversário. Condicionámos muito essa entrada no Rabiot e demos a construção ao Chiellini. Foi muito eficaz, com basculações rápidas e fortes. Os jogadores interpretaram da melhor forma o que foi planeado para o jogo, parabéns para os jogadores que foram os grandes obreiros da vitória."

Amargo pelo golo

"Sim, pela solidez da nossa exibição, porque penso que a Juventus só fez um remate perigoso pela primeira vez aos 70 minutos, e estamos a falar do campeão italiano. É uma equipa muito forte, com individualidades acima da média, dos melhores jogadores do mundo. Isso é a prova que fizemos um jogo muito forte, com uma organização defensiva muito forte. Mas não é uma organização defensiva para estar lá atrás, é para procurar o espaço que o adversário deixava. Podíamos ter feito o 3-0 pelo Sérgio Oliveira numa saída rápida para o ataque, conduzida bem por ele. É verdade, é um amargo de boca, os jogadores não mereciam o golo que sofremos".

A 2.ª mão

"Agora é descansar e a nossa Champions é 2.ª feira com o Marítimo. É um jogo importantíssimo, é uma final para nós, até porque depois recebemos aqui o 1.º classificado e queremos reabrir o campeonato depois do jogo na Madeira.