Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

A final milionária vai ser inglesa

O Chelsea venceu o Real Madrid, por 2-0, e vai defrontar o Manchester City na final da Liga dos Campeões

Tribuna Expresso e Lusa

Steve Bardens - UEFA

Partilhar

O Chelsea qualificou-se hoje pela terceira vez para a final da Liga dos Campeões em futebol, marcando encontro com os compatriotas do Manchester City, ao vencer em casa o Real Madrid por 2-0, na segunda mão das meias-finais.

Depois do empate 1-1 na capital espanhola, os londrinos, ‘carrascos’ do FC Porto nos quartos de final, impuseram com tentos do alemão Timo Werner, aos 28 minutos, e de Mason Mount, aos 85.

O Chelsea, que perdeu a final de 2007/08, face ao Manchester United, e ganhou a de 2011/12, frente ao Bayern Munique, ambas decididas nos penáltis, junta-se ao City, que na terça-feira afastou o Paris SG, com um 2-0 caseiro, após um 2-1 em França.

A terceira final da prova 100% inglesa, dois anos depois do triunfo do Liverpool face ao Tottenham por 2-0, está marcada para 29 de maio, em Istambul, na Turquia.

  • O Manchester City não pensou demasiado. E está na final da Champions
    Liga dos Campeões

    Um golo em transição e outro em contra-ataque. Foi a jogar simples, sem rendilhados, contra, dizem alguns, ao seu ADN, que o Manchester City confirmou a vantagem que já trazia de Paris, fazendo cair o PSG com uma vitória por 2-0 que coloca os ingleses pela primeira vez na sua história na final da Liga dos Campeões - e o regresso de Guardiola ao jogo decisivo, dez anos depois