Tribuna Expresso

Perfil

Liga dos Campeões

Secretário de Estado do Desporto diz que UEFA reconhece Portugal "como excelente anfitrião"

João Paulo Rebelo destaca o regresso a Portugal da "mais importante competição do futebol europeu"

lusa

ANTÓNIO COTRIM

Partilhar

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto disse esta quinta-feira que a atribuição da final da Liga dos Campeões de futebol ao Porto é um reconhecimento da UEFA de Portugal como "um excelente anfitrião".

Numa mensagem vídeo publicada na rede social Twitter, João Paulo Rebelo destacou o regresso a Portugal da "mais importante competição do futebol europeu", que é também "um reconhecimento da infraestrutura desportiva de excelência que é o Estádio do Dragão".

"Parabéns ao Porto. Mas também é um reconhecimento ao país e à capacidade organizadora, e que temos tido de combater a pandemia [de covid-19]. Portugal é entendido como um destino seguro e em que os grandes eventos desportivos decorrem com todo o sucesso", acrescentou.

A cidade do Porto vai acolher pela primeira vez uma final de uma competição europeia de clubes, depois de a UEFA ter anunciado hoje que a decisão da Liga dos Campeões de futebol vai realizar-se no Estádio do Dragão.

A final 100% inglesa entre Manchester City, de Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva, e Chelsea, em 29 de maio, vai ter como 'pano de fundo' o recinto do FC Porto, que esteve para ser o palco da Supertaça Europeia do ano passado, entretanto alterada para Budapeste, devido à pandemia de covid-19.

A cidade do Porto e o Estádio do Dragão vão, assim, acolher a terceira final de uma Liga dos Campeões em Portugal e a segunda consecutiva, já que há pouco menos de um ano, precisamente por causa da crise mundial de saúde pública, a UEFA optou por realizar uma 'final a oito' em Lisboa, nos estádios da Luz e José Alvalade.