Tribuna Expresso

Perfil

Liga Europa

Jorge Jesus: "Hoje qualquer coisa que se possa dizer contra um negro é sempre sinal de racismo. Se disser o mesmo contra um branco já não é"

Na conferência de imprensa de antevisão do Standard de Liège-Benfica (quinta-feira, 17h55, SIC), Jorge Jesus surpreendeu na forma como endereçou o caso ocorrido na terça-feira à noite no jogo entre Basaksehir e PSG: "Hoje está muito na moda isso do racismo"

Partilhar

O adversário

"Foi dos melhores jogos que fizemos no grupo, vencemos 3-0, o que deu a ideia que não são fortes, mas são, porque o campeonato belga tem capacidade. Uma vez que já definimos o apuramento, não quer dizer que não vamos com o objetivo de ganhar, porque queremos ser 1º do grupo, apesar de eu achar que o Rangers não vai perder pontos na Polónia. Mas ser 1º do grupo dá-nos outras hipóteses teóricas no sorteio.

Acrescento que vou aproveitar este jogo para lançar alguns jogadores que nunca jogaram."

Todibo vai jogar?

"Tem estado parado, só começou há uam semana a trabalhar. Não tem condições nem técnicas nem táticas. Não é um dos jogadores em que estou a pensar para lançar amanhã."

Campeonato mais difícil do Liga Europa?

"Não, estão mais fáceis na Liga Europa porque ainda falta um jogo. No campeonato ainda faltam muitos jogos para definir a classificação. É melhor estar em 1º do que em 2º, mas não estamos numa situação difícil, já estivemos em 1º. Os objetivos estão equilibrados

Rotatividade nos próximos jogos das Taças

"Não podes ter tudo ao menos tempo, mas são jogos mais fáceis de gerir por não jogares de 3 em 3 dias. Outra coisa é jogares de 4 em 4 dias. Podemos gerir a equipa de outra maneira nesses jogos das taças."

Dupla ideal no meio-campo

"Já encontrei a dupla e tenho a certeza de qual é que quero. Mas como há jogos de 3 em 3 dias tenho de mudar vários setores da equipa, entre as quais essas duplas, porque normalmente são os jogadores que mais correm no jogo e na minha opinião temos de ter cuidado, daí serem mais mexidos do que os outros."

Preparado para perder Darwin em janeiro?

"Pelo contrário, estou preparado é para ter mais jogadores, não é para perder algum."

O Benfica ia jogar o triplo, segundo JJ

"Essa minha afirmação tinha a ver com o facto de o Benfica no ano passado não ter conquistado nada. Claro que a equipa ainda não está a jogar o triplo, só num ou noutro jogo, está numa fase de crescimento. Acredito plenamente que com o desenrolar das competições vamos ter mais conhecimento e ter um rendimento melhor. Houve jogos que me satisfizeram, como o jogo contra o Liège na Luz."

Racismo no jogo Basaksehir-PSG

"Não sei, não estava lá, não sei o que aconteceu, não sei o que se falou, o que se disse. Mas hoje está muito na moda isso do racismo. Como cidadão tenho direito de pensar à minha maneira e só posso ter opinião se souber o que se disse. Porque hoje qualquer coisa que se possa dizer contra um negro é sempre sinal de racismo. Se disser a mesma coisa contra um branco já não é sinal de racismo. Está a implantar-se essa onda no mundo. Se calhar até houve racismo com esse treinador, mas não sei o que disseram."

O 4.º árbitro do PSG-Basaksehir terá chamado "negro" a um treinador-adjunto. Os jogadores saíram de campo e o jogo foi adiado

A meio da primeira parte do PSG-Basaksehir, da última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, o treinador-adjunto da equipa turca, Pierre Webó, foi expulso e o jogo foi suspenso porque, logo a seguir, todos os jogadores se terão recusado a continuar. A razão: o quarto árbitro terá, alegadamente, dirigido um insulto racista ao técnico camaronês e as duas equipas decidiram fazer algo em relação a isso. A UEFA vai analisar o incidente e o jogo será retomado esta quarta-feira, às 17h55, com uma nova equipa de arbitragem