Tribuna Expresso

Perfil

Mercado

Francisco Geraldes diz adeus ao Sporting: “Quando jogo demonstro que tenho capacidade, por isso vou para a Grécia para jogar”

O médio do Sporting partiu esta segunda-feira para a Grécia, para jogar no AEK, equipa que vai ser liderada por Miguel Cardoso, ex-treinador de Geraldes no Rio Ave

tribuna expresso

TIAGO PETINGA

Partilhar

Adeus, Sporting. O médio Francisco Geraldes despediu-se esta segunda-feira de Portugal, viajando para Atenas, na Grécia, onde vai jogar pelo AEK, equipa que será orientada por Miguel Cardoso, que também foi treinador de Geraldes no Rio Ave, em 2017/18.

"Eu quero é jogar e é com esse objetivo que vou para a Grécia. Já o provei anteriormente. Quando jogo demonstro que tenho capacidade, por isso vou para lá para jogar", disse o jogador de 24 anos aos jornalistas, no aeroporto de Lisboa, acrescentando que conhece "muito bem" o campeonato grego, que foi conquistado pelo PAOK na última época.

"Tenho um grande amigo a jogar lá e acompanho o campeonato com atenção. Quanto a esse aspeto estou tranquilo", garantiu Geraldes, que espera ter melhor sorte do que na Alemanha, onde não jogou a ser utilizado pelo Eintracht Frankfurt, enquanto esteve emprestado, em 2018/19.

O jovem assegurou que a decisão de sair, novamente por empréstimo, foi "de ambos" - clube e jogador - e desejou o melhor para Marcel Keizer e Frederico Varandas. "Falaram comigo e desejaram-me boa sorte. São excelentes pessoas, com valores e desejo o melhor para o Sporting", disse.

Em 2018/19, Francisco Geraldes foi utilizado pelo Sporting em apenas três jogos na equipa principal - e um na equipa sub-23.