Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

Inês de ouro. Atleta portuguesa vence 50 km de marcha em Berlim

A atleta portuguesa venceu esta terça-feira a prova dos 50 km de marcha e sagrou-se campeã europeia

Lusa e Expresso

Alexander Hassenstein/Getty

Partilhar

A portuguesa Inês Henriques sagrou-se esta terça-feira campeã europeia nos 50 quilómetros de marcha, em Berlim, nos Europeus de atletismo, juntando o título continental ao do mundo, conquistado em 2017.

A marchadora do CN Rio Maior, de 38 anos, liderou a prova desde o início, concluindo a distância em 4:09.21 horas, impondo-se à ucraniana Alina Tsviliy e à espanhola Julia Takács, segunda e terceira classificadas, respetivamente. Foi a primeira vez que a distância de 50 km foi disputada nuns Europeus.

Inês Henriques já deteve o recorde do mundo (4:05.56 horas) desde 13 de agosto de 2017, quando conquistou o título mundial, em Londres, mas Liang Rui retirou 1.20 minutos à sua marca (4:04.36), em 05 de maio último, no Mundial de marcha por Nações, em Taicang, na China.

Esta é a 15.ª medalha de ouro portuguesa da história dos Europeus de atletismo.

  • Inês Henriques: “Já estava num estado em que podia cair para o lado a qualquer momento”

    Entrevistas Tribuna

    Há meses que só pensava em ser dona do recorde do mundo que conseguiu, no domingo, por Porto de Mós, Leiria. Inês Henriques, aos 36 anos, tornou-se na mulher mais rápida do planeta a marchar durante 50 quilómetros. Diz que isto sempre lhe foi natural, porque vem de Rio Maior, o “sítio onde nasceu a marcha” em Portugal, e queixa-se que não há mais miúdos a marchar por culpa do telemóveis e dos computadores. De riso fácil, acordou a sentir-se bem depois de mal se aguentar em pé no final da prova